O transporte dos resíduos perigosos (Resíduo Classe I) é uma etapa importante do tratamento de efluentes industriais. Visando a adequação à Resolução ANTT 420/2004, que regulamenta o Transporte Terrestre de Produtos Perigosos.

* Confira o curso de Mercadoria Perigosas da Escola Virtual Portogente

O monitoramento deve ser feito por meio do check-list dos caminhões, verificando se os veículos apresentam condições adequadas para realizar o transporte de produtos perigosos.

É essencial verificar itens fundamentais para o transporte seguro, tais como: presença de equipamentos para situações de emergência, condições gerais dos veículos, presença de equipamentos de proteção individual, painéis de segurança conforme NBR 7500, rótulos de risco conforme NBR 7500, certificado de capacitação do Inmetro, capacitação dos motoristas com curso MOPP, entre outros.

Outro cuidado que deve ser tomado é com a limpeza dos caminhões. Para isso, é recomendável efetuar a raspagem dos resíduos sedimentados nos veículos e, desse modo, garantir a destinação correta do material retirado.

Uma falha no transporte dos resíduos ou um acidente podem causar contaminações ao meio ambiente, com consequentes comprometimentos da imagem e da marca institucional do expedidor da carga.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s