Nome:
José Cândido Senna

Idade: 52 anos

Natural de: Rio de Janeiro

Profissão: engenheiro

Atividade profissional: desenvolve ne gócios e serviços na área de Comércio Exterior (o comitê pertence a Federação das Associações Comerciais do Estado e da Associação Comercial de São Paulo)

Estado civil: viúvo

Filhos: três

Time de futebol: “fluminense porque sou carioca de coração e São Paulo por ser paulistano por adoção”

Esporte preferido: futebol

Hobbie: leitura

O que gosta de fazer nas horas de folga: ler,fazer caminhadas

Um livro: A ditadura envergonhada - Hélio Gaspari. “Trata do período da nossa República, pós-revolução de 1964. Eu gosto muito de assuntos de natureza política e o Gaspari é um jornalista renomado, sério. Eu estou gostando muito do livro”.

Filme: A Lista de Schindler

Personalidade que tem como exemplo para a sociedade: Oscar Schindler

Vida social: conversa com os amigos

Qual a sua avaliação do nível de traders no Brasil em relação ao exterior?

Primeiro, temos que fazer distinção entre os traders que trabalham na área de produtos manufaturados (carga geral) e os que lidam com produtos do agronegócio como o café e o cacau. No que concerne aos traders que são o foco do nosso projeto, os voltados para os produtos manufaturados, muitos já tem suas próprias empresas comerciais exportadoras, têm produtos que representam cerca de 75% dos seus negócios e experiência em determinadas áreas de mercado. São traders que se especializaram em fazer negócios com o sudeste asiático, com o norte da Europa, com os países andinos.Quando se analisa as áreas problema das exportações poderíamos classificá-las em cinco grandes áreas: tributária, financiamento, logística, tecnologia e promoção comercial. Hoje, o grande trabalho que cabe a nós das associações comerciais é dar apoio efetivo na linha da promoção comercial, ou seja, facilitar o trabalho do trader da pequena empresa industrial a encontrarem no exterior a encontrarem novos canais de distribuição de seus produtos.

Aquele produtor que quer entrar no mercado de trader, qual o caminho que ele deve percorrer?

Ele tem dois caminhos. Percorre o caminho por conta própria, investindo os próprios recursos contratando profissionais especializados, formando assim o departamento de comércio exterior, dentro da sua empresa. É importante salientar que a estatística brasileira mostra que as nossas empresas exportadoras são também importadoras, portanto ter um profissional que atue em ambas as pontas é fundamental. Hoje, para ser competitivo lá fora, é preciso trazer insumos do exterior para reduzir seus custos e ganhar mercado lá e aqui, concorrendo com o produto importando. Outro caminho é contratar profissional ou montar parceria com trader já experiente naquela determinada família de produto ou em determinado mercado em termos de área geográfica onde reconhecidamente haja potencial para esse produto.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente