O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), reuniu, no último dia 10, em audiência pública, várias lideranças políticas e sociais para apresentar seu Plano Estratégico 2011-2014. Casagrande e sua equipe apresentaram o que chamam de Plano de Governo compatível ao ambiente, governança democrática, gestão de transporte e responsabilidade fiscal, mas não incluiu o porto de águas profundas, projeto inicial dos portuários capixabas.

A ausência do superporto foi criticada e questionada pelos trabalhadores portuários presentes ao encontro. O presidente da Intersindical da Orla Portuária ES, José Adilson Pereira, lembrou do Protocolo de Intenções assinado entre o então ministro dos Portos, Pedro Brito, e o também então governador Paulo Hartung.

De acordo com o secretário estadual de Transportes e Obras Públicas, Fábio Damasceno, o projeto do superporto já está em andamento, por isso não consta do Plano Estratégico apresentado.

Superporto

Para o prefeito da capital capixaba, João Carlos Coser, a vocação portuária do Espírito Santo provoca atritos e prejudica o estado, criticando especificamente a não definição de apenas um local para a construção do porto de águas profundas. “O grande problema é que a cada período alguém aponta uma localização diferente da proposta inicial. A cada lugar apontado a prefeitura faz festa. Mas nada acontece e quem gosta são os outros estados”. Segundo ele, esse impasse faz com que o projeto não siga adiante.

Diversas propostas de localizações já foram feitas. Praia Mole, em Ponta de Tubarão (Vitória), foi o local apontado inicialmente pelo projeto dos trabalhadores portuários e que já conta com o apoio da Secretaria de Portos (SEP), inclusive com a assinatura de um protocolo de intenções. Os outros locais indicados são: Portocel, em Aracruz; Ubu, em Anchieta; e, recentemente, em Ponta da Fruta, Vila Velha.

Leia também

* Espírito Santo se prepara para receber super-navios
* Ministro quer definição de local do superporto capixaba
* Lula diz que superporto de Vitória é um projeto coletivo
Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

O que você achou? Comente