Quinta, 22 Fevereiro 2024

Modelos desenvolvidos pela Progress possuem motores mais eficientes e que somados à utilização de baterias para o armazenamento de energia podem colaborar com a redução de até 42% no consumo de combustível para a mesma capacidade de carga quando comparado às locomotivas atualmente utilizadas.

A Rumo, maior operadora de ferrovias do Brasil, recebeu na oficina de Curitiba (PR) duas locomotivas híbridas, que serão as primeiras desse modelo a serem utilizadas em operações de transporte de cargas no país. Desenvolvido pela Progress Rail, o modelo GT38H funciona com sistema Diesel-Elétrico em conjunto com um banco de baterias, de forma que a energia usada para alimentar os motores de tração pode ser proveniente de motores diesel ou de um banco de baterias, que neste caso, a energia é regenerada durante a operação do freio dinâmico ao invés de ser dissipada em forma de calor por meio de resistores de alta potência. A primeira composição puxada pelas locomotivas híbridas, estão em fase de testes e deve partir de Cascavel (PR) com destino a estação ferroviária Desvio Ribas, na região de Ponta Grossa (PR).

Rumo locomotiva hibridaCrédito: Divulgação | EMD Joule_Rumo_Brazil.

Entre os destaques das novas locomotivas está a sua capacidade de gerar menor impacto ambiental. O modelo é 22% mais econômico no consumo de combustível do que os utilizados na operação atualmente. Além disso, o uso das baterias como fonte de energia acrescenta um ganho de 15% nessa economia. Somando-se a isso os benefícios do motor mais moderno, a expectativa é que a economia chegue a até 42% no consumo de diesel. Além do menor consumo de combustível, as locomotivas se destacam pela redução de emissões e barulhos em excesso, fazendo com que tenham um menor impacto ambiental. Os testes para avaliar a performance das novas locomotivas serão realizados durante seis meses no trecho entre Guarapuava (PR) e a estação ferroviária Desvio Ribas, na região de Ponta Grossa (PR).

"Os resultados apresentados pela Progress foram positivos e nos indicam que podemos ter aqui um ganho considerável para as nossas operações", pontua Marcus Jorge, diretor de Manutenção da Rumo. "Com a operação na nossa malha poderemos avaliar a performance considerando as características da via e carga transportada. É um processo importante para analisar a viabilidade de ampliar o uso de locomotivas utilizando esse sistema".

Frente a nova tecnologia da hibridização, novos parâmetros para controle da performance e segurança foram implementados, podendo ser monitorados remotamente e permitindo antever possíveis falhas. Já as baterias são acionadas automaticamente pelo sistema da locomotiva, alinhada à potência exigida pelo maquinista para o trecho em que irá circular.

"Estamos otimistas com esse projeto desenhado em parceria com a Progress e com os avanços tecnológicos que essa locomotiva pode representar em relação a redução de emissões e a segurança", diz Marcus Jorge. "Além disso, uma vez confirmado o desempenho esperado, essas locomotivas representam um grande passo para que novos maquinários sejam desenvolvidos para trechos ainda mais densos de nossa malha ferroviária e que exigem maior potência, como temos, por exemplo, na Malha Norte, corredor ferroviário entre Rondonópolis (MT) e o Porto de Santos (SP)".

Modelo ideal para traçados desafiadores
A escolha do trecho entre Guarapuava e a região de Ponta Grossa para testes levou em consideração o fato de ser uma região com traçado desafiador e favorável a esse tipo de tecnologia, em razão das áreas de serra e curvas sinuosas que requerem um equipamento de menor porte. Mas, isso não significa dizer menor potência. Para se ter uma ideia, uma composição, antes puxada por seis locomotivas, poderá contar apenas com os dois modelos híbridos adquiridos pela Rumo.

"Temos nesse ramal da Malha Sul um trecho que requer bastante atenção e um equipamento mais compacto, capaz de fazer as curvas com facilidade e sem que tenhamos a necessidade de realizar adequações na via", destaca Rodrigo Rampinelli, gerente de Planejamento e Engenharia de Operações da Rumo.

Curta, comente e compartilhe!
Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
Deixe sua opinião! Comente!
 

 

 

banner logistica e conhecimento portogente 2

EVP - Cursos online grátis
seta menuhome

Portopédia
seta menuhome

E-book
seta menuhome

Dragagem
seta menuhome

TCCs
seta menuhome
 
logo feira global20192
Negócios e Oportunidades    
imagem feira global home
Áreas Portuárias
seta menuhome

Comunidades Portuárias
seta menuhome

Condomínios Logísticos
seta menuhome

WebSummits
seta menuhome