Opinião

Para todos aqueles no movimento sindical que se preocupam pelas questões de gênero – e não apenas as mulheres – o jornal O Globo publicou, nesta terça-feira (24/2), uma matéria de Eduardo Vanini e Antônio Gois, cujo título “Salários desiguais” informa que os homens ganham, em média, mais que as mulheres em quase todas as ocupações no Brasil. O mesmo trabalho é remunerado de maneira diferente sendo executado por homens ou mulheres e elas sistematicamente perdem na comparação. Já sabíamos isto.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
O Brasil está parado. Esse é o cenário do país desde a última quarta-feira, 18 de fevereiro, dia em que estourou uma das maiores greves de caminhoneiros de que se tem notícia. A paralisação se concentra, principalmente, nos estados do Sul e Centro-Oeste, com bloqueio de rodovias federais. Já são 11 os estados afetados.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
Presidente da Fiorde Logística Internacional e diretor do Sindicato dos Comissários de Despachos, Agentes de Cargas e Logística do Estado de São Paulo (Sindicomis) e da Associação Nacional dos Comissários de Despachos, Agentes de Cargas e Logística (ACTC).

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
Advogado especializado em Direito Tributário e sócio da unidade de Belo Horizonte (MG)

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
Professor Adjunto e coordenador do Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais da Unesp/Sorocaba e Estefânia Vangelie Ramos Campos é doutoranda do Programa de Pós-graduação em Biologia Funcional e Molecular/Unicamp; Jhones Luiz Oliveira é doutorando do Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais da Unesp/Sorocaba; e Gerson Araújo de Medeiros é Professor Assistente Doutor e vice-coordenador do Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais da Unesp/Sorocaba

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente