Terça, 18 Junho 2024
Pedro Signorelli* Especialista do Brasil em gestão, com ênfase em OKRs. Mais informações acesse: http://www.gestaopragmatica.com.br/

Você já se perguntou o motivo de sua gestão não estar indo tão bem quanto você gostaria? Bom, eu imagino que provavelmente sim. Porém, será que você procurou entender os fatores que o levaram a uma gestão mediana? Talvez, a resposta esteja ali, mas você não conseguiu perceber.

O que eu tenho para lhe falar é simples: existem grandes chances da gestão não estar indo bem porque você não possui os OKRs - Objectives and Key Results (Objetivos e Resultados Chaves), ou ainda, você até já implementou, mas só no nome. E acredite em mim, esta ferramenta consegue fazer uma diferença muito grande na rotina de todos da empresa.

Primeiramente, os OKRs trabalham com ciclos mais curtos, geralmente de três meses, o que permite que sejam feitos ajustes frequentes no plano de execução da estratégia. Ou seja, fica mais fácil perceber quando algo está errado ou não está funcionando como deveria, sendo possível recalcular a rota rapidamente.

Isso é possível ser feito sem nunca perder de vista os objetivos de médio e longo prazos, o que ajuda a ter uma visão melhor do por quê as metas estão sendo traçadas e o passo a passo para atingi-las, conquistando os resultados desejados.

A maioria dos processos de gestão e execução da estratégia que não utilizam os OKRs em suas empresas, não possuem estas premissas e tendem a trabalhar sem foco e sem clareza do que precisa ser feito, o que é um problema, principalmente para os colaboradores, que não vão saber como agir dentro de suas funções para entregar a melhor performance.

A falta de compreensão dos integrantes do time sobre as funções e como elas entregam a estratégia é prejudicial para a organização de forma geral, pelo baixo nível de clareza e engajamento dos colaboradores, fazendo com que se sintam desmotivados com o trabalho, sem o engajamento necessário, entregando menos do que podem.

No entanto, sabemos que as coisas não mudam do nada e que apesar de muito eficientes e eficazes, os OKRs não fazem mágica. Não adianta apenas jogar o conceito na sua empresa, porque você vai se dar mal e a situação pode piorar, colocando em descrédito “mais uma iniciativa”. Para que dê certo, a ferramenta precisa ser implementada da maneira correta.

Neste sentido, o ideal é contar com ajuda de uma especialista no assunto, para auxiliar o gestor a resolver os problemas e propor soluções dentro da proposta dos OKRs, que não vão se construir da noite para o dia. É preciso entendimento da realidade da empresa, para que tudo faça sentido dentro deste cenário.

Curta, comente e compartilhe!
Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

Deixe sua opinião! Comente!