Se ainda o Exterminador do Futuro não é controlado pela mente humana, como acontece no filme Avatar, o robô soldado russo supera o humano, por ser à prova de bala, e na troca de tiros tem habilidade de sobra para manusear as armas de combate. O robô Exterminador do Futuro da Rússia tem sido mostrado como um exímio atirador mas, acreditem, vai ser um passageiro espacial em 2021. Segundo o vice-primeiro Ministro russo, Dmitry Rogozin, “trata-se apenas estar experimentando com inteligência artificial".

O robô será o único passageiro da próxima expedição espacial russa, mas o seu treinamento é realizado em um campo de treinamento militar no coração da Rússia. É um cenário de máquinas praticando contra outras máquinas. Uma espécie de ficção científica que antecipa o que poderá ser as guerras do futuro bem próximo. A parte desse treinamento que atrai a atenção do público é um grande robô empunhando duas pistolas, desafiando um homem no tiroteio.

Batizado projeto Fedor ( Final Demostration Experimental Research Object , traduzido Demonstração Final Objeto de Pesquisa Experimental), seu perfil no Twitter explica que a intenção não é construir um Exterminador do Futuro Russo. E esclarece que “exercícios com armas é um método de aprendizagem para a máquina que ajuda a aprender a tomar as decisões corretas, e para fazer escolhas rapidamente. O que se busca não é um novo Exterminador do Futuro, mas a inteligência artificial avançada ". O que não deixa de ser v erdade.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s