Tem gente querendo sabotar o crescimento do Porto de Santos. A “bola da vez” é a dragagem de aprofundamento. A ação vem de Brasília. O que ainda não está claro é o que está por trás dessa sabotagem. Mas logo, logo a raposa, ou melhor, a motivação “da ira” aparece.

 

Enquanto isso, o discurso do ministro Pedro Brito, anunciadíssimo por Ciro Gomes (PSB-CE) candidato a deputado federal pelo PSB, vira pó. Se Santos era o porto-paradigma de uma nova realidade portuária brasileira, então não saímos do lugar. O porto-paradigma continua com os problemas de sempre, e está fora da rota dos navios de última geração.

 

Quem ontem causou problemas ao porto-paradigma, continua hoje fazendo a mesma coisa. Quer dizer que o crime está compensando?

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website