Adeus portuário ao doutor Oscar Arno Markus

Há uma semana, dia 11 de novembro, faleceu, aos 95 anos de idade, o engenheiro Arno Oscar Markus. Pela grandeza que se reveste a figura do ex-presidente da Empresa de Portos do Brasil – Portobrás, quem o conheceu e desfrutou de momentos com tão nobre biografia, viveu um círculo virtuoso da história portuária brasileira.

Oscar Arno

Já com idade avançada, por seu interesse e atuação nos debates dos assuntos relativos ao desempenho dos portos do Brasil, era sempre uma participante destacado. Um exemplo que se distinguia e era admirado pelos mais jovens.

Pela grandeza que representam e pela obra que realizaram, as pessoas excepcionais ultrapassam o seu tempo de vida. Como bem definiu o engenheiro portuário Aluisio de Souza Moreira: “Dr. Arno Markus é um imortal do sistema portuário nacional”. Era irmão da Dona Luci Geisel, esposa do ex-presidente Ernesto Geisel."

Nas palavras do engenheiro Daniel L. O Souza: “Tive o privilégio de conversar algumas vezes com o mais icônico presidente da Portobrás: Arno Oscar Markus, que liderou a Associação Brasileira de Entidades Portuárias e Hidroviárias (Abeph) com o idealismo de unir os portos públicos brasileiros e sua inteligência."

Portogente se junta à comunidade portuária brasileira nesse momento de homenagem ao saudoso portuário. Aos familiares, expressa sua tristeza e condolência.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website

O que você achou? Comente