Um projeto em curso em Roterdam, na Holanda, anuncia uma solução para o dióxido de carbono (CO2). Fazê-lo virar combustível de avião. Isso mesmo, uma grande preocupação atual do Planeta vai virar energia. É um projeto que vai capturar o gás carbono que promove o aquecimento global e, na acepção da palavra, reciclá-lo.

600 Fumaça

Leia ainda
Emissão líquida zero de CO2 zero até 2050

Esse processo consiste em separar, por eletrólise - decomposição de um composto em seus componentes mediante a passagem de uma corrente elétrica numa solução – o hidrogênio e oxigênio da água. Esse hidrogênio misturado com o CO2 resulta no combustível de aviação.

Notícias corporativas 
* MRS lança ferramenta para quantificar a redução de emissões de CO2

A energia para realizar esse processo será obtida através de painéis de energia solar. O projeto é para iniciar a produção de combustível em 2021. Nessa fase está prevista uma produção de 1.000 litros de combustível por dia. O CO2 que resultará da queima do combustível será novamente reciclado, tantas outras vezes.

Notícias corporativas 
* O futuro da logística está no cliente e na sustentabilidadeO futuro da logística está no cliente e na sustentabilidade

Comprovada a teoria, há muito para ser superado. Primeiro, esse processo é caro e ainda não concorre com o querosene, no caso do combustível de aviação. Segundo, essa quantidade de 1.000 litros produzida em um dia, alimenta apenas 5 minutos de voo de um Boing 747.

Blog | Bruno Merlin 
Caminhos para a descarbonização do transporte marítimo, segundo a OCDE

Todavia, trata-se do primeiroe mais importante passo de uma longa caminhada, para balancear o volume do CO2 na atmosfera, reciclando-o. Aprovado o processo, baratear a produção será como subir uma escada. Passar ao degrau seguinte.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website