Com o objetivo de acelerar a transição para o transporte neutro em carbono, a Maersk anuncia sua meta de alcançar a neutralidade de carbono até 2050. Para atingir essa meta, as embarcações com carbono neutro devem ser comercialmente viáveis ​​até 2030, o que exige uma aceleração em novas inovações e adaptação de novas tecnologias.

maersk 1

O clima é uma das questões mais importantes do mundo, e transportando cerca de 80% do comércio global, a indústria naval é vital para encontrar soluções. Até agora, as emissões relativas de CO2 da Maersk foram reduzidas em 46% (base 2007), aprox. 9% a mais que a média do setor.

Como o comércio mundial e, portanto, os volumes de embarque continuarão a crescer, melhorias na eficiência das atuais tecnologias baseadas em combustíveis fósseis não conseguirão mais do que manter as emissões nos atuais níveis, mas não reduzi-las significativamente ou eliminá-las.

Dado o tempo de vida de 20 a 25 anos de uma embarcação, agora é hora de unir forças e começar a desenvolver o novo tipo de embarcação que atravessará os mares em 2050.

Pesquisa & Desenvolvimento é a chave para afastar a indústria da tecnologia baseada em fósseis e ao definir essa meta ambiciosa, a Maersk espera atrair pesquisadores, desenvolvedores de tecnologia, investidores, proprietários de cargas e legisladores que ativarão o forte envolvimento, co-desenvolvimento e patrocínio da indústria a soluções sustentáveis ​​que ainda estão para serem vistas no setor marítimo.

Em 2019, a Maersk está planejando iniciar um diálogo aberto e colaborativo com todas as partes possíveis para abordar em conjunto uma das questões mais importantes do mundo, a mudança climática.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s