André Dabus será um dos debatedores de painel sobre financiamento e mitigação de riscos para a geração de energia fotovoltaica

O Brasil tem mudado exponencialmente a sua matriz de energia elétrica e projeta grandes avanços com fontes renováveis. Segundo informações da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), até 2024 cerca de 1,2 milhões de geradores de energia solar ou mais deverão ser instalados em casas e empresas em todo território nacional, representando 15% da matriz energética brasileira. E até 2030 o mercado de energia fotovoltaica deverá movimentar cerca de R$ 100 bilhões.

Essas são perspectivas que permearão as discussões do Brasil Solar Power 2017, evento que reunirá pela segunda vez, lideranças diversas do setor energético e membros do poder público, como o Ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, nos dias 5 e 6 de julho, no Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro. O Diretor Executivo da Marsh Brasil, André Dabus, será um dos palestrantes do painel Financiamento para Geração Centralizada, que discute os novos caminhos e oportunidades de financiamento para usinas solares fotovoltaicas de geração centralizada.

O tema abordado pelo executivo será a Financiabilidade e Mitigação de Riscos em UFVs, que pretende expor o aumento significativo dos fatores de risco à medida que as perspectivas sobre esse mercado crescem e se desenvolvem no país. “Estamos próximos de alcançar a marca de 1 gigawatt em capacidade instalada em usinas fotovoltaicas, patamar registrado em apenas pouco mais de 20 países. Além da marca expressiva, o desenvolvimento desse mercado revela também a necessidade de gerir esses novos riscos, que surgem conforme esse setor aumenta de tamanho. Por isso, mapear e gerenciar essas novas ameaças é vital para não causar a interrupção de negócios”, explica.

Além da exposição do executivo da Marsh, o painel também terá apresentações de Helena Chung, da Bloomberg New Energy Finance (BNEF); da Diretora de Market Development da Climate Bonds Initiative, Justine Leigh‐Bell; do Engenheiro do departamento de Credenciamento de fabricantes de máquinas, equipamentos e sistemas do BNDES, Guilherme Oliveira Arantes; e do Responsável pela Área de Project Finance do Banco de Investimento do Bradesco BBI, Rui Gomes da Silva Junior.

Também terão as presenças do Especialista em Energia na Divisão de Energia do Banco Interamericano de Desenvolvimento, Arturo Alarcón; do Diretor da Clean Energy Latin America (CELA), Eduardo Tobias; e do Manager Brazil da Solair Direct, Ricardo Barros, que será o moderador do debate após cada uma das apresentações individuais.

Além do ciclo de palestras, a segunda edição do Brasil Solar Power terá também uma feira de negócios, com os principais fabricantes do setor elétrico, e o Congressos de Geração Centralizadas e Distribuída, que congregará membros de entidades privadas e do poder público em debates sobre questões pertinentes ao mercado de energia solar.

Sobre o evento:

Brasil Solar Power 2017

Data: 5 e 6 de julho

Local: Centro de Convenções SulAmérica - Av. Paulo de Frontin, 1 - Cidade Nova, Rio de Janeiro - RJ, 20260-010

Inscrições: http://www.brasilsolarpower.com.br/inscricoes/

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

  escreva corporativas