A vida de um empresário é uma estrada longa e movimentada. Atividades necessárias, como desenvolver relacionamentos com clientes, lidar com problemas de funcionários e gerenciar fluxo de caixa, são tarefas demoradas, mas necessárias para manter a operação funcionando sem problemas.

Infelizmente, os proprietários de empresas frequentemente negligenciam seus objetivos financeiros pessoais. É mais comum os proprietários adiarem o planejamento de seu futuro financeiro para mais tarde na vida, quando “as coisas se acalmam” ou quando houver mais clareza sobre o que o negócio pode razoavelmente alcançar.

Se você tem alguma dúvida sobre como fazer um planejamento financeiro, no decorrer desse artigo vamos estar mostrando algumas dicas que você pode estar usando para implementar na sua empresa.

Os proprietários de empresas de hoje precisam considerar o futuro

O proprietário da empresa deve desempenhar várias funções dentro da empresa para manter tudo à tona. Ele ou ela geralmente tem objetivos bem definidos e grandes sonhos para o negócio, mas é inundado por uma lista interminável de tarefas e tempo limitado para realizá-las todas. A falta de tempo muitas vezes faz com que os proprietários de negócios sejam vítimas de dois resultados:

- Eles não conseguem criar um plano definido para seu próprio futuro financeiro. É arriscado para os proprietários de negócios tomarem decisões por conta própria sem informações ou análises suficientes e, muitas vezes, eles se arrependem dessas decisões no futuro; ou

- Às vezes, eles simplesmente não agem e perdem oportunidades de negócios que normalmente não sonhariam em perder.

10 dicas de planejamento financeiro para proprietários de empresas

A priorização de 10 questões principais pode ser útil:

Gerenciando os níveis de caixa e dívida

Essas tarefas são de extrema importância para as “empresas jovens” que estão apenas começando. As demandas externas sobre a situação de financiamento de um empresário são infinitas, por isso é fundamental monitorar as despesas e economizar para financiar a operação.

Pagando-se

Os proprietários de empresas muitas vezes pagam muito pouco em termos de salário em parte pelos motivos que mencionei acima, e também pela necessidade de minimizar a folha de pagamento pessoal e o imposto de renda.

Embora essas ações possam ser de grande ajuda na hora do imposto, podem ser obstáculos para ajudar os proprietários de empresas a acumular economias para a aposentadoria ou outras metas.

Metas pessoais

Como proprietário de uma empresa, você deve se esforçar para estabelecer seus objetivos pessoais da mesma forma que cria planos de negócios plurianuais. Começar uma conversa com membros da família ou conselheiros é um ótimo começo. Existem ferramentas e aplicativos para ajudar a articular objetivos, uma vez que você tenha uma ideia melhor do que deseja. Além disso, uma etapa crítica é determinar o que é “razoavelmente possível” para você alcançar, dadas suas circunstâncias financeiras.

Planejamento para aposentadoria

Dedique algum tempo para determinar quanto dinheiro será necessário para financiar sua aposentadoria ou sonhos de uma segunda carreira. Acompanhar ou prestar muita atenção às despesas “pessoais”, em oposição às despesas comerciais, pode ser realizado com a ajuda de ferramentas on-line ou de uma planilha à moda antiga.

Poupança para a aposentadoria

Configure pagamentos regulares automatizados para suas economias para acumular dinheiro suficiente para financiar seus sonhos e esperanças pessoais. Até certo ponto, está tudo bem se essa economia ocorrer em surtos; no entanto, você deve ter como objetivo reservar uma certa quantia a cada ano.

É claro que as esperanças e sonhos de muitos proprietários de empresas incluem o potencial de vender seus negócios para financiar seu próprio relaxamento e recreação durante a aposentadoria. No entanto, essa é uma grande incógnita para a maioria das empresas, e sonhar com uma grande recompensa pela venda de uma empresa pode não ser realista para todos.

Diversificando seus ativos

Ao economizar e investir dinheiro para o futuro, certifique-se de que ele seja devidamente diversificado e compatível com a quantidade de risco que você está disposto a assumir. Não seja vítima do "timing do mercado". Determinar uma política de investimento e executá-la de forma disciplinada; então, gaste a maior parte de seu tempo e esforço gerenciando seus negócios.

Gerenciamento de riscos

Além de seus investimentos monetários, é essencial que os empresários estabeleçam proteção para suas famílias. Os contratos de seguro de vida e de compra e venda, que tratam da compra de um parceiro falecido da empresa, podem proteger seus sobreviventes em caso de morte. Além disso, o seguro de invalidez pode ser aconselhável.

Planejamento para sucessão

É importante ter em mente a questão do planejamento da sucessão. Obter o máximo do seu negócio ou investimento imobiliário mais tarde pode ajudar a orientar suas decisões de gestão de patrimônio pessoal depois que você deixar o leme.

Organizando sua propriedade

Independentemente da idade, os proprietários de negócios devem se reunir com um advogado qualificado e um especialista em planejamento imobiliário para garantir que seus objetivos e desejos sejam devidamente considerados, incluindo planos de ativos comerciais.

Os donos de empresas mais jovens nem sempre acham que o planejamento imobiliário é necessário; mas deixar de fazer um plano pode colocar seus negócios e família em risco. No mínimo, os proprietários de negócios devem ter um testamento atualizado que contenha instruções sobre como seus ativos devem ser distribuídos, o que pode ou não incluir os ativos comerciais.

Escolha de um consultor financeiro

A maioria dos proprietários de negócios se beneficiaria com a orientação e assistência de um consultor apropriado. No entanto, é importante fazer as seguintes perguntas:

- Ele ou ela é um especialista em gestão de patrimônios no que se refere a proprietários de empresas?

- O consultor tem a responsabilidade fiduciária de colocar seus clientes em primeiro lugar, sem conflito de interesses compensatórios?

Com um pouco de sorte e muito trabalho árduo, você pode superar os desafios de sua empresa e dar passos rumo ao crescimento futuro. Mas não se esqueça de entrar no caminho certo e permanecer no caminho certo para alcançar seus objetivos financeiros pessoais.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente