Para quem deseja iniciar a vida de investidor o caminho é um só: estudar sobre o assunto e se manter sempre bem informado para não perder nenhuma atualização do mercado financeiro e nem as mudanças que ocorrem todos os dias. Hoje em dia, existem mil e uma ferramentas disponíveis na palma da mão para que você - ou seus conhecimentos - não fiquem obsoletos.

Nesse sentido, uma das melhores maneiras de se manter sempre informado de tudo que está acontecendo é através das newsletters. Esse novo formato de distribuição de conteúdo vem crescendo a cada ano e é possível aprender sobre investimentos acompanhando as melhores newsletters sobre o assunto, e o melhor, quase todas de graça.

Através de diversos formatos, esse material de informação faz com que a notícia e o conhecimento cheguem de forma mais prática ao leitor, diretamente no e-mail do assinante.

É por conta da praticidade que as newsletters já conquistaram muita gente: o leitor não precisa correr atrás das notícias, basta abrir o e-mail e todos os tópicos interessantes estarão lá te esperando. Assim, você já começa os seus dias bem informado.

As melhores newsletters sobre investimentos

Investidores e empreendedores costumam ter um dia a dia atarefado e prezam pela economia de tempo e praticidade. Sendo assim, saber quais são as melhores newsletters sobre o assunto pode te poupar tempo e render dinheiro. Confira agora a lista que selecionamos para você.

Growthaholics

A Growthaholics é uma newsletter semanal que chega no seu e-mail todas as quintas-feiras. Ela foi criada por Pedro Waengertner, CEO da ACE, gigante do ramo de startups e empreendedorismo atualmente no Brasil.

O material chega com o melhor da inovação acompanhado de análises exclusivas do próprio Pedro. Além disso, a Growthaholics também conta com o conteúdo exclusivo criado pela ACE, uma seleção incrível de links, com uma linguagem leve para uma leitura rápida.

InfoMoney

A newsletter do InfoMoney tem frequência diária e os assinantes recebem no e-mail as principais, notícias, opiniões e análises que afetaram o mercado financeiro. A abordagem do texto é leve e direta, ideal para quem quer se manter atualizado pela manhã e também para quem deseja começar a acompanhar o mercado financeiro.

O material mostra como todas as mudanças ocorridas podem afetar o bolso dos investidores. Além disso, traz uma ótima seleção de artigos publicados pela equipe de especialistas InfoMoney.

The Hustle

The Hustle é a newsletter que conta com mais de 300 mil assinantes, dando origem a um grupo de mídia que já arrecadou mais de US$ 1 milhão de fundos de investimentos norte-americanos.

A frequência diária da newsletter não enjoa: são as últimas informações sobre o mundo dos investimentos e dos negócios, sempre de maneira prática e rápida. Se você não quer passar um dia longe de conteúdo novo, essa é sua escolha.

Capital Now

A Capital Now é a newsletter da Capital Research, uma das melhores casas de análise de investimentos em atuação no Brasil. O material tem como principal objetivo auxiliar aqueles que têm vontade de administrar tempo e dinheiro.

A Capital Research iniciou suas operações no Brasil em 2019 e em pouco tempo de atuação já se tornou uma das principais casas de análise do mercado. Visando oferecer um atendimento melhor aos seus clientes e investidores interessados, a empresa criou a Capital Now.

Diariamente, os assinantes recebem análises exclusivas dos especialistas em investimentos da Capital Research e cada notícia vem acompanhada de uma explicação e também os possíveis desdobramentos daquele acontecimento.

De forma gratuita, qualquer interessado do mundo das finanças pode se inscrever e receber o conteúdo de alta qualidade no seu e-mail todos os dias. Os tópicos abordados são diversos e analisados pelos melhores especialistas da Capital Research.

Os principais temas da Capital Now são:

Carteira Capital;

Ações;

Finanças pessoais;

Fundos de investimento;

Fundos imobiliários,

Renda fixa.

A partir desses seis tópicos você que já é investidor ou que tem interesse em iniciar sua vida de investimentos em um futuro próximo, consegue se manter sempre atualizado através de uma linguagem fácil, descomplicada e informativa.

Quartz

A Quartz disponibiliza material diário para os seus assinantes, que traz alguns dos principais destaques do mundo das finanças e também da política internacional. Tudo isso através de uma linguagem curta e direta.

Além da newsletter, o site da Quartz também disponibiliza para os interessados outros e-mails relevantes sobre assuntos diversos, como curiosidades e mudanças na economia global que ocorreram durante a semana.

Fast Company

A Fast Company atualmente é uma newsletter de mesmo nome de uma revista que se tornou extremamente conhecida no mundo dos negócios por conta do seu ótimo conteúdo.

Mantendo o padrão da revista amplamente conhecida, a newsletter diárias entrega um perfil ou análise aprofundada sobre as melhores opções de investimento em novos empreendimentos e também algumas dicas sobre produtividade.

Seu Dinheiro

A newsletter da Seu Dinheiro é a opção perfeita para quem quer receber as melhores dicas sobre os principais investimentos: CDBs, ações, Tesouro Direto e muitos outros. O material complementa o jornal online de mesmo nome e é uma boa escolha para aqueles que querem saber de tudo antes de todo mundo.

Aliando notícias com análises financeiras, a newsletter Seu Dinheiro é perfeita para o investidor que não quer ficar desatualizado por falta de informação. O material é disponibilizado diariamente, o que só reforça o compromisso de manter o leitor atualizado.

Dessa forma, essas são as principais newsletters para quem é empreendedor ou investidor e gostaria de se manter sempre atualizado sobre o mercado financeiro e o mundo dos negócios. Nesse ambiente, no qual, tudo pode mudar em questão de minutos, estar atualizado é a melhor arma de um investidor.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

  escreva corporativas

O que você achou? Comente