Instituto EDP, com o apoio da DreamShaper, acaba de lançar a 5ª edição do Projeto Educação Empreendedora no Espírito Santo, uma parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Cariacica e o Instituto Federal do Espírito Santo (IFES). Por meio do projeto, alunos e professores recebem ferramentas online, com foco no desenvolvimento de competências socioemocionais e do mundo do trabalho, além de aprendizagens técnicas relacionadas com as matérias da escola.

 

Em 2020, o programa vai beneficiar 2,5 mil jovens, do ensino fundamental e técnico, de 47 escolas do estado. O programa foi iniciado este mês com a formação remota e aplicação da ferramenta para mais de 120 professores de 36 escolas municipais de Ensino Fundamental de Cariacica e 90 professores de 11 unidades do IFES. Desde 2016, o programa já atingiu mais de 120 escolas, 500 professores e cerca de 15.000 alunos, gerando mais de 4.000 projetos nos estados de São Paulo e Espírito Santo.

 

DreamShaper é uma ferramenta educacional online que auxilia os estudantes no desenvolvimento de projetos voltados ao que estão aprendendo nas aulas. As metodologias e conteúdos serão repassados aos alunos até dezembro e podem ser acessados por celular, online e off-line. A base do programa está dividida em duas metodologias: Projetos de Vida e Projetos de Empreendedorismo e Cidadania, conectando os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (Organização das Nações Unidas). Todas as metodologias visam incentivar nos alunos uma atitude empreendedora e de desenvolvimento de raciocínio científico.

 

Segundo João Borges, CEO da DreamShaper, o projeto em 2020 representou um grande desafio por conta da pandemia. “Muitos alunos ficaram meses sem aula e outros ainda não retornaram. Esse novo cenário reforçou ainda mais ainda a importância do projeto em relação à inclusão social. Estamos falando em preparar jovens para que sejam cidadãos, com um olhar empreendedor no futuro. Todas as mudanças na educação decorrentes da tecnologia estão aceleradas hoje. É um processo irreversível. Ganha o poder público, ganham as empresas que apoiam, mas o maior valor está na formação de milhares de jovens que chegarão ao mercado em condições de igualdade”, ressalta.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

  escreva corporativas

O que você achou? Comente