A venda de um imóvel exige atenção e cuidado, tanto com a documentação, quanto com a empresa escolhida para anunciar a propriedade

A compra de imóveis é algo que requer atenção e paciência, uma vez que, para garantir a segurança de todos os envolvidos, muitas documentações são solicitadas e análises, realizadas. Contudo, a situação contrária não costuma ser diferente. Para anunciar uma propriedade à venda, é necessário tomar alguns cuidados com o objetivo de evitar dores de cabeça para o vendedor e o interessado.

Para que você não passe por uma situação difícil, confira algumas das dicas que separamos com os cuidados que devem ser tomados ao colocar sua casa ou outra propriedade à venda. Ao se atentar a essas sugestões, você pode evitar muitos problemas e, até mesmo, diminuir alguns processos burocráticos que possam atrasar o repasse do imóvel.

Certifique-se de que a documentação do imóvel está em dia

O primeiro passo para fazer uma venda de imóvel, com menos chances de atrasos, é se certificar de que a sua documentação está em dia. IPTU, negativas judiciais e matrícula da residência são alguns dos documentos que comprovam que a propriedade está em condições legais de ser vendida, além de estar livre de qualquer tipo de ônus.

É importante, ainda, que o atual proprietário do imóvel também esteja com seus documentos em dia, como RG, CPF, certidão de casamento ou divórcio e afins. Se for casado, é importante que a documentação do cônjuge também esteja devidamente atualizada.

Conheça a empresa com a qual está trabalhando

Seja por anúncios pela internet ou em imobiliárias físicas, é importante conhecer a empresa com a qual está trabalhando para vender o seu imóvel. Busque por informações on-line e com outras pessoas que utilizaram os serviços da plataforma digital ou do estabelecimento físico.

Esteja certo da reputação da empresa. Infelizmente, criminosos acabam se aproveitando de momentos como este para aplicar golpes — tanto em vendedores, quanto em compradores. Um dos mais comuns é fazer cobranças indevidas. Para não ser prejudicado financeiramente, se informe em mais de uma organização sobre os trâmites básicos para anúncios de propriedades à venda.

Tome cuidado, também, com as informações que disponibiliza, especialmente, se o anúncio for feito na internet. Procure não dar muitos dados pessoais e, se possível, disponibilize um telefone exclusivo para os contatos que digam respeito à venda do imóvel.

Estude os valores que podem ser cobrados

É muito comum que as pessoas definam o valor da propriedade que pretendem pôr à venda com base em questões sentimentais ou, então, visando lucro. Entretanto, é importante ter em mente que é necessário cobrar um valor justo. Caso contrário, há o risco de não conseguir vender a propriedade.

Para isso, é recomendável que você se informe sobre quanto custa os imóveis da região. Para obter o valor de mercado da sua propriedade, é possível contratar um avalista. Ele levará em consideração a área em que a residência está localizada, além do estado de conservação e demais variáveis que influenciam o valor.

Analise a necessidade de obras

Fazer os reparos necessários para que o imóvel fique ainda mais atrativo pode ser um grande investimento nessas situações. Há estudos, inclusive, que apontam que uma nova pintura, com cores neutras, e pisos novos podem aumentar em 10% a valorização da residência.

Apesar disso, não é preciso fazer grandes reformas ou obras de melhorias que não interfiram na estrutura e na segurança da propriedade. Prefira fazer reparos hidráulicos e elétricos, por exemplo. Além de serem mais rápidos e não influenciarem, diretamente, o prazo de entrega da residência, eles garantem a segurança dos novos moradores.

Atente-se ao prazo de entrega

É importante estar atento ao prazo de entrega da casa para o novo dono. Então, programe-se para finalizar as obras e desocupar o imóvel alguns dias antes de passar as chaves para o comprador. Além de respeitar o combinado, você passa mais credibilidade a outra parte.

Esteja preparado para visitas

É necessário ter em mente que visitas passarão a ser frequentes durante o período do anúncio de venda. Assim, é preciso ter certa flexibilidade de horários e dias, uma vez que pessoas com agendas mais cheias podem ser possíveis compradores. Esteja preparado para receber interessados em sua propriedade aos finais de semana, por exemplo, ou no final do dia.

Outro ponto importante a ser levado em consideração é manter a casa neutra. Lembre-se de que itens “polêmicos”, como símbolos religiosos e políticos, podem atrapalhar os negócios. Assim, procure manter uma decoração simples e sempre organizada.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

  escreva corporativas

O que você achou? Comente