A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, prepara mais uma edição do Move Lab, em São Paulo. No próximo dia 25, a marca vai reunir especialistas, clientes, parceiros e representantes que atuam no segmento de gestão de frotas para uma grande troca de experiências e discutir os desafios na gestão de custos, entre eles o de manutenção de veículos.

"Trabalhamos para simplificar e flexibilizar a movimentação de pessoas e frotas, onde quer que estejam, e uma forma de explorar as melhores soluções é trazer nossos clientes e o mercado para participar das discussões. O Move Lab é um momento em que buscamos trazer novidades que facilitem o gerenciamento das despesas de veículos, e que também fomentem mudanças na forma de pensar uma gestão mais inteligente", afirma Eduardo Fleck, Diretor de Soluções em Manutenção da Ticket Log.

Nas discussões, serão abordados os seguintes temas: soluções de manutenção para otimizar os recursos de dentro para fora; capilaridade de rede; dashboardgerencial como norteador de boas decisões; e gestão de frotas no futuro. Além dos debates, haverá apresentação de case de sucesso, que mostrará os resultados positivos obtidos na produtividade e redução de custos por meio da gestão de manutenção.

O projeto Move Lab reforça o propósito transformador da Ticket Log, de valorizar o tempo das pessoas, para que possam aproveitar mais e melhor a vida, trazendo à tona a discussão do que é mais relevante em frotas, soluções de mobilidade que simplificam e flexibilizam o dia a dia e a conexão indispensável entre tecnologia e inteligência. Em 2018, foram realizados 13 encontros, que reuniram mais de 500 convidados e 250 empresas, das quais 40 apresentaram boas práticas e casesdesenvolvidos junto com a marca.

Serviço:
17º Move Lab – Manutenção
Data: 25/07
Horário: 8h30 às 12h15
Local: NB Steak
Endereço: Av. Faria Lima, 140 – Pinheiros – São Paulo

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

  escreva corporativas

O que você achou? Comente