• Abandono do polo naval de Rio Grande

    Em audiência pública realizada na manhã de segunda-feira (28/08), na Plenarinho da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, a Frente Parlamentar em Defesa do Polo Naval de Rio Grande...

  • Cortes no Orçamento federal mobilizam autoridades pela duplicação da BR-116 no RS

    Trecho da estrada entre Guaíba e Pelotas - Foto: Agência RBS

    Um grupo de empresários e autoridades do Rio Grande do Sul mobilizados pelo avanço da duplicação da Rodovia BR-116, no trecho entre as cidades de Guaíba e Pelotas, teme que o corte no orçamento anunciado pelo Governo Federal impacte o andamento da obra, já classificado como lento

  • Em primeira concessão de 2019, Grupo CCR passa a controlar rodovia no Sul

    Serão implantadas sete praças de pedágio distribuídas entre as BRs 101, 290 e 386. O valor da Tarifa Básica de Pedágio ofertada de forma vitoriosa pelo Grupo CCR foi de R$ 4,30545, preço 40,5% menor do que a tarifa-teto estipulada pelo governo, ainda sob a gestão de Michel Temer (MDB)

  • Porto de Porto Alegre

    O Porto de Porto Alegre é um porto brasileiro, localizado na cidade de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul, na região sul do Brasil. As principais cargas embarcadas são: soja, celulose, bobina de ferro/aço, máquinas e aparelhos elétricos, contêiner cheio, contêiner vazio, petróleo cru, óleo diesel, óleo combustível, benzeno, tolueno e xileno, enquanto as principais cargas importadas são: trigo, sulfatos diversos, fertilizantes fosfatados, fertilizantes potássicos, papel-jornal, fertilizantes nitrogenados, uréia, contêiner cheio, contêiner vazio, nafta, petróleo cru, gasolina comum, propeno e etileno.

    O Porto de Porto Alegre é um porto brasileiro, localizado na cidade de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul, na região sul do Brasil. As principais cargas embarcadas são: soja, celulose, bobina de ferro/aço, máquinas e aparelhos elétricos, contêiner cheio, contêiner vazio, petróleo cru, óleo diesel, óleo combustível, benzeno, tolueno e xileno, enquanto as principais cargas importadas são: trigo, sulfatos diversos, fertilizantes fosfatados, fertilizantes potássicos, papel-jornal, fertilizantes nitrogenados, uréia, contêiner cheio, contêiner vazio, nafta, petróleo cru, gasolina comum, propeno e etileno.

    História

    Os primeiros usos do lago Guaíba como via de transporte se perdem nas origens da cidade. Nos primeiros tempos de Porto Alegre foram sendo construídos sucessivos trapiches, rampas de acesso e pequenas docas de desembarque na região do centro, e que em meados do século XIX chegaram a existir em grande número. As primeiras idéias para a construção de um cais estruturado datam de 1833, quando a Câmara Municipal aprovou um projeto de alinhamento desde a Ponta do Arsenal (onde hoje fica a Usina do Gasômetro) até o Caminho Novo (atual Voluntários da Pátria), com a construção fracionada a cargo dos particulares possuidores dos terrenos na testada do futuro cais. Contudo, este projeto, ambicioso e utópico para

    ...
  • Tabaco brasileiro apto à exportação para China, comemoram produtores

    O tabaco brasileiro foi, mais uma vez, certificado pelos técnicos chineses da Administração Geral das Alfândegas da República da China (GACC) para ser embarcado. A pré-inspeção é uma das exigências do atual protocolo bilateral de comércio entre Brasil-China

  • Toyota quer renovar por 12 anos acordo para operar unidade no RS

    Estão em andamento, conforme o diretor, conversações da filial brasileira com a matriz da montadora no Japão para ampliar as operações no Rio Grande do Sul. O centro de operações de Guaíba é responsável pela distribuição dos veículos da Toyota em todo o centro-sul do Brasil

  • Vento forte e mar grosso no litoral da região Sul

    A navegação ao sul da costa brasileira sofrerá com ventos fortes e mar grosso no início desta semana, pelo menos até a próxima quarta-feira, dia 8 de maio. De acordo com o Serviço Meteorológico da Marinha do Brasil, estão previstas ondas de até 3,5 metros e ventos acima de 50km/h, com possíveis rajadas de até 74km/h, em especial no litoral do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina