À medida que nós, como espécie, continuamos a atravessar a fronteira aparentemente interminável de tecnologia e inovação, a eletricidade continuará a ser tão importante como sempre foi, se não mais. Quer se trate de um smartphone, notebook, forno de micro ondas ou um simples chuveiro, a eletricidade é vital para muitas das coisas que fazemos no nosso dia-a-dia.

Por conta disso, o mercado está em constante evolução e o trabalho de um profissional da elétrica, seja de baixa ou alta tensão, está em contínuo crescimento cada ano que passa. Aqueles que se profissionalizam da melhor forma com Cursos de Eletricista Instalador Residencial, Predial e Industrial são os que se diferenciarão da concorrência no futuro. O importante aqui é se aprofundar na área independente se o local de estudo é o SENAI, um curso online pago ou até um curso online gratuito de Eletricista Instalador.

Esses profissionais executam tarefas relacionadas com a instalação e manutenção de equipamentos elétricos. Isso inclui a reparação e manutenção de sistemas elétricos, além da instalação de fios e acessórios elétricos.

Independentemente de onde você encontre equipamento elétrico industrial ou de grande porte, também encontrará instaladores e reparadores elétricos e eletrônicos qualificados, mantendo tudo funcionando perfeitamente.

Esses trabalhadores instalam ou reparam uma variedade de equipamentos elétricos em telecomunicações, transporte, serviços públicos e outras indústrias. Os instaladores e reparadores usam diagramas de fiação e equipamentos de teste para encontrar falhas no sistema e resolver problemas de equipamento.

Percebe-se, então, que no mercado encontramos dois tipos de eletricista, aqueles que trabalham em empresas, como contratados por elas ou atuando na indústria de empreiteiros de instalações elétricas e outras instalações de fiação, e aqueles que atuam por conta própria e são Instaladores Elétricos Autônomos.

Muitos profissionais hoje no Brasil se encaixam na segunda definição, como Autônomo, pois preferem ter o próprio negócio e conseguem dinamizar sua hora de trabalho. Geralmente esse tipo de profissional presta serviço em residências, condomínios e prédios com o intuito de corrigir falhas, realizar manutenções e fazer a instalação elétrica do imóvel do zero.

 

A importância das instalações elétricas

Na listagem abaixo podemos observar 3 principais vantagens de um imóvel que tem uma boa instalação elétrica, seja este imóvel uma casa, apartamento, comércio, edifício ou até mesmo um chão de fábrica de uma indústria:

 

1. Uma boa instalação elétrica proporciona mais segurança

Quando se fala em proteção de instalações elétricas, o que se quer dizer com mais frequência é a proteção de sobrecorrente. Esta é a proteção que deve ser ativada no caso de correntes excessivamente altas em uma instalação, correntes cujo valor é superior ao esperado.

A maneira mais comum de fazer isso é usar disjuntores (automáticos) como o DDR (dispositivo diferencial residual).

A tarefa dessa proteção é desligar os circuitos defeituosos e proteger as cargas que estão conectadas a esses circuitos, evitando assim consequências como sobrecarga térmica dos condutores, risco de incêndio e risco de choque elétrico.

 

2. Maior economia na conta de energia

 

Outro fator que uma boa instalação deve possuir é o dimensionamento correto da fiação. É necessário que se escolha fios de bitolas corretas pois existem no mercado fios onde há mais PVC do que cobre, ou seja, fios desbitolados (deve-se evita-los).

Um detalhe pequeno como esse da fiação elétrica certa, no final do mês, gera uma economiza considerável na conta de luz.

Além disso uma boa instalação ou manutenção elétrica no Quadro de Distribuição de Cargas (QDC) proporciona menos gastos na energia também.

Casos em que o QDC deve passar por uma revisão é quando o imóvel possui mais de cerca de uma década.

Depois de uma inspeção elétrica, pode-se descobrir que o imóvel tem um suprimento de apenas 100 amperes enquanto se está utilizando aparelhos elétricos que exigem algo em torno de 200 amperes.

Em vez de substituir todo o sistema de fiação elétrica, o que custaria bem alto, pode-se economizar dinheiro instalando um novo painel elétrico de 200 amperes.

 

3. Maior economia em futuras manutenções

Uma boa instalação tem em suas características principais:

· Bom dimensionamento dos equipamentos e do gasto de energia do imóvel;

· Utilização todos os equipamentos de proteção no QDC;

· Fios com identificação visual de cores para facilitar futuras manutenções na instalação;

· Materiais de qualidade como eletrodutos e fios não desbitolados;

· Sistema eficaz de aterramento para todos aparelhos, chuveiros, tomadas, etc;

Sendo assim, essas boas práticas de um profissional da elétrica facilita nas futuras manutenções do sistema elétrico da casa, prédio ou indústria.

Ou seja, todo esse profissionalismo garante que as próximas manutenções serão mais fáceis de serem feitas e mais rápidas poupando o bolso de quem estiver contratando o serviço.

 

Conclusão

Enquanto usarmos eletricidade, vamos precisar de profissionais da área da elétrica. Dito isso, as próprias funções do eletricista estão sempre mudando. Como em toda e qualquer profissão, há o surgimento de novas tecnologias, como o exemplo da automação residencial e da popularização do controle de eletrodomésticos por comandos de voz.

É importante denotar também que a energia solar está se tornando cada vez mais acessível e popular. Neste caso, eletricistas podem ser chamados para instalar ou dar manutenção nos painéis solares em casas e até indústrias.

O surgimento de novos equipamentos e formas de produção também é notável quando falamos de fábricas e indústrias. Podemos dizer que esse setor demanda que o profissional saiba aplicar conceitos de acionamentos digitais, analógicos, comandos elétricos, eletropneumática, eletrônica, etc, sempre atentos à evitar acidentes com eletricidade e choques elétricos.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente