"Onde há um problema, existe uma chance de diminuir o seu impacto", essa é a filosofia que as startups HomeRefill, moObie e Mumo defendem. Criada por pessoas que desejam e acreditam em um mundo melhor, as empresas têm o objetivo em conscientizar os indivíduos sobre consumo, além de melhorar a economia e o meio ambiente.

aplicativo ajuda 16122017105332

Voltado ao público adulto, as empresas trabalham com utensílios necessários para o dia a dia como carsharing, roupas sustentáveis e abastecimento de produtos não perecíveis. Para aproveitar os 365 dias no próximo ano de forma consciente, conheça as startups que mudarão sua visão de necessidade e economia:

HomeRefill: plataforma que traz facilidade para as compras mensais de maneira inteligente e econômica. Através da inteligência artificial implantada pela startup, ao acessar a plataforma pela primeira vez, o consumidor escolhe os produtos mais frequentes e essenciais de casa e configura uma agenda de revisão do estoque, após a segunda compra o algoritmo já entende o consumo do cliente e faz lembretes de reposição automático, ajudando para a pessoa não perder a data de validade e estocando produtos que serão realmente utilizados.

moObie: criada para promover a economia criativa e incentivar novas soluções de mobilidade urbana como o carsharing (compartilhamento de veículos), que visa contribuir por cidades mais sustentáveis. Com um app intuitivo e prático, a empresa aproxima pessoas interessadas em otimizar o investimento feito em um carro e obter uma renda extra (proprietário) de pessoas que procuram um meio de transporte seguro e acessível (usuário).

Mumo: a missão da marca é transformar moda em uma iniciativa socioambiental e colocá-la no centro da empresa, repensando no mercado, que hoje é o terceiro mais poluente do planeta, perdendo apenas para carne vermelha e petróleo. Por meio da criação de um ecossistema capaz de inspirar e impactar a todos, a empresa contribui desde as escolhas por matérias-primas, processos, fornecedores, desenvolvimento de produtos e ainda dividir os lucros com projetos de impacto direto na sociedade. Além disso, a Mumo doa parte do seu faturamento para ONGs.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s