Ter um cronograma de estudos é essencial para obter êxito em provas dos mais variados tipos, seja na escola, na faculdade, para um concurso público, entre outros.

Estudar é uma maneira de compreender determinada matéria ou assunto e conseguir reproduzi-la em testes com as mais variadas finalidades. É aí que entra o cronograma: ele organiza os horários, os conteúdos e facilita o aprendizado.

Não existe uma fórmula secreta para montar esse planejamento, uma vez que ele vai depender do tempo de cada um, das facilidades e dificuldades em determinadas matérias e, claro, da força de vontade do estudante.

De qualquer forma, existem algumas dicas que podem ser colocadas em prática na hora de criá-lo. Seja qual for o estilo de vida do estudante e o tempo que ele tem disponível para se preparar, o cronograma é recomendado a todos.

Nas próprias escolas, universidades e cursinhos, vemos que eles seguem um planejamento de aulas para seus alunos, certo? Estudar em casa não é diferente e, quanto mais organizado você for, mais fácil será esse período de preparação.

Levando essas informações em consideração, neste artigo, vamos falar sobre a importância do cronograma, dar dicas para montá-lo, bem como sobre as suas vantagens. Confira!

O que é um cronograma de estudos?

O cronograma é um planejamento que auxilia o aluno a organizar o seu tempo disponível, para que possa estudar tudo o que precisa para uma prova.

De forma organizada, ele ajuda o estudante a alcançar o seu objetivo final, sem desgastes e perda de tempo. Esse calendário envolve desde o ambiente de estudo para concurso até os dias e horários para cada matéria.

O melhor é que esse planejamento respeita os horários e possibilidades de qualquer estudante, portanto, o primeiro passo é identificar a própria rotina para fazer um bom cronograma.

Por que ele é importante?

Os estudantes, de um modo geral, enfrentam muitos desafios para manter o foco naquilo que estão estudando. Exemplo disso são as redes sociais e os telefones celulares.

Só que um bom desempenho nas provas não depende apenas de concentração e estudo, mas também de organização e rotina.

É aqui que entra o cronograma, que pode te ajudar a obter uma boa nota em qualquer prova, como:

Enem (Exame Nacional do Ensino Médio);

Vestibulares;

Concursos públicos;

Vagas de emprego;

Prova teórica para habilitação;

Entre outros.

Dentro do cronograma serão incluídos uma rotina de estudos, dentro do tempo disponível de cada um e atendendo às necessidades individuais de aprendizado.

Dicas para montar um cronograma de estudos

Se você está na escola, na faculdade ou até matriculado em uma auto escola para aprender dirigir, sabe que precisa estudar para alcançar seu objetivo, certo?

Só que enfiar a cara nos livros não é a única medida que precisa ser adotada, e dentre as práticas que você precisa incluir no seu planejamento estão:

1 - Defina um tempo para estudar

Determinar quanto tempo você vai estudar por dia é o primeiro passo do cronograma. Leve em consideração o seu dia a dia e as suas necessidades de aprendizado, definindo o tempo como uma, duas ou três horas por dia.

Da mesma maneira, defina um período e mantenha-o. De preferência, escolha um horário que você esteja mais disposto, seja de manhã, à tarde ou à noite.

Para que a rotina fique ainda mais organizada, mesmo que você estude em uma escola particular período integral.

Certamente, este período não pode ser o mesmo da escola, faculdade, cursinho ou trabalho. Se você trabalha o dia todo e estuda à noite, pode usar seu horário de almoço, por exemplo. Por isso, alguns pontos devem ser considerados, como:

Determinar tempo para leitura;

Determinar tempo para revisão;

Aprofundar-se em outras fontes;

Entre outros.

Além disso, é importante que você faça anotações para fixar as ideias do que está estudando.

2 - Escolher um local adequado

Seja para uma prova de auto escola com carros adaptados ou para uma vaga de emprego, é importante escolher um ambiente adequado para os estudos.

Ele precisa ser confortável, silencioso e bem iluminado, além de possibilitar que você tenha em mãos todo o material que precisa, como acesso a sites de estudo, livros, apostilas, caderno de anotações, canetas, lápis e borracha.

3 - Determinar um tempo para cada matéria

Provas como o Enem e vestibulares possuem disciplinas específicas, tais como Português, Matemática, Biologia, Linguagens, etc. Quem vai fazer esse tipo de prova ou concurso público sabe exatamente quais são essas matérias.

Sabendo disso, fica mais fácil organizar um tempo e um horário para cada disciplina. Por exemplo, se você vai estudar pela manhã, das 7 horas ao meio-dia, pode fazer a seguinte separação:

7:00 - Matemática;

8:00 - Português;

9:00 - Biologia;

10:00 - Física;

11:00 - Química.

Você também pode organizar outras matérias por horário, como as grades de aula que existem nas escolas e seguir essa programação semanalmente.

4 - Priorizar matérias mais importantes

Existem algumas matérias que são mais relevantes e outras que são mais difíceis. Ao elaborar o cronograma, reserve um tempo maior para elas e um tempo menor para as menos importantes ou que você domine melhor.

Geralmente, Português e Matemática são as mais cobradas em vestibulares e no Exame Nacional do Ensino Médio.

De qualquer forma, observe a relevância de cada uma na prova que irá fazer, pois assim você consegue organizar melhor o tempo dedicado a cada uma.

Se você for prestar um concurso público para lecionar em jardim de infância idade, talvez precise dominar assuntos relacionados ao cargo. Daí a importância de conhecer o conteúdo da prova.

5 - Encontrar uma fórmula pessoal

Nem todo mundo absorve conteúdo por meio da leitura, algumas pessoas preferem assistir vídeos, outras gostam de podcasts, e assim por diante.

Encontre uma metodologia que combine com você, não se prenda ao tradicional. Além disso, busque meios mais confortáveis para a sua assimilação.

Por exemplo, se você prefere assistir a conteúdos relacionados à matéria pelo celular, não tem problema, desde que você realmente se dedique a eles.

6 - Reorganizar o cronograma sempre que precisar

Dificuldades e imprevistos podem surgir enquanto você se prepara para uma prova e, nesses casos, é necessário reorganizar o cronograma para se adaptar a uma nova rotina.

Alguns dos imprevistos comuns podem ser maior dificuldade em determinada matéria que te exige mais tempo, mudanças da rotina em casa, compromissos acadêmicos e familiares, entre outros.

Nenhuma adversidade deve ser motivo para você desistir ou estudar menos, afinal, reorganizando o cronograma é possível encaixar a rotina e outras atividades, até uma aula de jazz dance iniciante.

7 - Tirar um tempo para descansar

Por mais lotado que seja o seu dia a dia, é essencial ter um momento de descanso e ele não deve ser apenas na hora de dormir.

Reserve pelo menos alguns minutos do seu dia para tomar um café, uma água e até mesmo esticar as pernas. Esse tempo ajuda a relaxar a cabeça e a ter mais disposição para retomar os estudos, que sabemos que em algum momento, se tornam cansativos.

Vantagens de elaborar um cronograma de estudos

Além de te ajudar a organizar melhor o tempo, esse planejamento traz outros benefícios. O aumento do foco é um deles, uma vez que você estipulou um tempo e um período para estudar.

A autoconfiança também melhora, sendo esta muito importante para se ter um bom desempenho. Quem estuda todos os dias e recorre a outras fontes de aprendizado, como eventos em sala de palestra, sabe que está adquirindo conhecimento necessário.

Da mesma forma, a concentração é um fator de melhora, uma vez que cria-se uma rotina de estudos que prepara o seu cérebro e faz com que ele se acostume. Estudar em momentos diferentes é desanimador e aumenta a indisposição.

Se você sabe que vai estudar todo dia às 15 horas, desde o momento em que acorda, o seu cérebro e seu organismo se preparam para esse momento, o que melhora a concentração e a capacidade de aprendizado.

Com isso, sua produtividade e desempenho se desenvolvem melhor, o que significa estudar mais, absorver mais e ter um bom resultado na prova.

Ter uma rotina bem organizada também é uma forma de garantir mais tempo livre. Se você estuda em uma escola particular integral, das 8:00 às 16:00, e estuda em casa das 17:00 às 19:00, sabe que a partir das 20:00 terá horário livre.

Respeitar o cronograma é uma maneira de organizar melhor os finais de semana, que você poderá aproveitar melhor, sem ter que sacrificá-los para estudar o que não estudou durante a semana.

Inclusive, caso você realmente tenha tempo de segunda à sexta, pode organizar seu cronograma de estudos no final de semana, sem problemas.

Conclusão

Todos nós, em algum momento, dependemos de uma prova, seja na escola, na faculdade ou para ocupar o tão sonhado cargo público.

Só que para isso, é necessário estudar e ter dedicação, para obter êxito e conquistar mais um objetivo na vida.

Um cronograma é capaz de te auxiliar durante esse período importante, sem que você fique estressado ou sobrecarregado. Com ele, o dia a dia de estudos fica mais leve e organizado e o sucesso na prova está garantido.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente