Programação gratuita contará com acesso a palestras com enfermeiros, conteúdos a respeito do diagnóstico precoce e distribuição de brindes

As unidades do Clube da Estrada Repom, da marca especialista em soluções para o mercado de transporte rodoviário de cargas da Edenred Brasil, promovem este mês uma campanha em apoio ao Novembro Azul, intitulada “Diagnóstico precoce salva vidas, vença essa luta antes que ela comece”, a fim de conscientizar os caminhoneiros para a importância dos cuidados com a saúde, em especial os relacionados ao câncer de próstata. Durante todo o mês, os participantes terão acesso a palestras com enfermeiros, conteúdos de conscientização sobre o assunto, rodas de conversa e distribuição de brindes, com objetivo de promover o bem-estar dos profissionais da estrada.

“O Clube da Estrada é a maior plataforma de relacionamento com o caminhoneiro no país. Oferecer ainda mais conforto e cuidado, com a adoção de campanhas tão importantes como esta, é fundamental para ampliar o conhecimento deste público sobre um tema de extrema relevância. O câncer de próstata tem cura, se diagnosticado precocemente, e não poderíamos deixar de contribuir com a conscientização sobre um tema tão crucial”, ressalta Andrea Beatrix, diretora de Benefícios aos Caminhoneiros da Divisão de Frota e Soluções de Mobilidade e Mercado Rodoviário da Edenred Brasil.

Em todas as terças e quintas do mês de novembro, as unidades vão contar com momentos de descompressão para os caminhoneiros, rodas de conversas, ações interativas que reforçam a conscientização e cuidados com a saúde e um café da manhã no dia 17 para reforçar as mensagens. Além disso, a Repom também enviará mensagens sobre a campanha para a sua base de caminhoneiros cadastrados, via SMS, aplicativo e redes sociais.

Considerando o momento atual, as 15 unidades do Clube da Estrada Repom passaram a oferecer aos visitantes medição de temperatura na entrada, máscaras e álcool em gel. Além disso, a limpeza dos espaços passou a ser realizada com maior frequência e foram colocadas sinalizações para incentivo ao distanciamento social. Desde o começo da pandemia, em março deste ano, a Repom realizou frentes de apoio e suporte aos caminhoneiros, como a disponibilização de três meses de gratuidade de assistência de saúde e consultas gratuitas via telemedicina, beneficiando mais de 30 mil pessoas, tendo em vista pesquisa da empresa que mostrou que 70% dos caminhoneiros brasileiros não têm plano de saúde.

Mesmo dentro do contexto de pandemia, em que diversos protocolos de saúde passaram a ser seguidos, os espaços registraram 98 mil visitas totais desde o começo do ano e prestaram 32 mil serviços, sendo 23% deles em Saúde; 22% em Cuidados Pessoais e 41% em documentação. “Seguimos com nosso compromisso de oferecer conforto a esse público que, em sua maioria (76%), sentiu falta de locais para descanso no início da pandemia, segundo pesquisa que realizamos”, complementa Beatrix.

Foco na saúde

O Novembro Azul não é a única campanha de conscientização do segundo semestre. Em setembro, em alusão ao Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio e promoção da saúde mental, o Clube da Estrada realizou rodas de conversa e palestras sobre o tema, além de distribuir brindes que remetiam a ele.

Além disso, a Repom firmou parceria com a startup VidaClass para oferecer a campanha “Tudo Azul”, que disponibiliza um profissional para atender dúvidas referentes ao câncer de próstata via teleatendimento, por meio de um telefone exclusivo e uma página na internet.

Presentes em localidades estratégicas para os caminhoneiros de todo o país, o Clube da Estrada é uma iniciativa pioneira da Repom, que há sete anos oferece comodidade e contribui para o cumprimento da Lei do Descanso 12.619/12, que determina que a cada 24 horas trabalhadas, os motoristas tenham direito a repouso de 11 horas por dia, sendo oito horas ininterruptas e as demais fracionadas.

Os horários de funcionamento das unidades variam de acordo com os locais e podem ser consultados no site: https://www1.repom.com.br/clube-da-estrada/

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente