Notícias e assuntos virais têm desviado o foco da COVID-19

Não é mais surpresa para ninguém: estamos vivendo a maior pandemia dos últimos 100 anos. A COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus, se espalhou pelo mundo e, hoje, tem vítimas em, praticamente, todos os países do globo. Uma das principais recomendações para conter o avanço da doença é o isolamento social.

Em meio à pandemia, é essencial manter-se informado. A informação correta e confiável é uma poderosa arma na prevenção. Entre fatos e boatos, porém, muitas outras notícias tiveram mais atenção que aquelas relacionadas aos cuidados com a doença. Mesmo que seja importante se manter entretido é essencial não misturar as coisas.

Big Brother Brasil

Em sua 20ª edição, o reality show mais popular do Brasil começou a ser transmitido no dia 21 de janeiro de 2020, quando a pandemia ainda parecia uma realidade distante. Três dias depois, porém, a morte de uma mulher de 75 anos, no estado de Minas Gerais, foi apontada como o marco da circulação livre do vírus no país.

O BBB20, como o programa é abreviado, entrou nos trending topics do Brasil diversas vezes enquanto o caos se instaurava no país. Em março, mês em que os casos confirmados da doença chegaram a 4.000 e o total de mortos ultrapassou a marca dos 1.000, a campanha #ForaPyong chegou aos trending topics mundiais.

Pyong Lee, participante da temporada 2020 do Big Brother, estava no paredão para ser eliminado do reality. No programa, paredão é o sistema que disponibiliza os participantes para a votação do público. O mais votado, sai do programa.

Criança é registrada com o nome de Alquingel no Espírito Santo

O 1º de abril marca o Dia da Mentira em todo o mundo. A história da data tem origem no século XVI, na Europa. Hoje em dia, com a circulação de fakes news e o amplo acesso às redes sociais, não é de se surpreender que uma notícia falsa em consideração à data tenha viralizado como verdadeira.

Foi exatamente esse o caso da montagem de uma matéria no jornal A Gazeta, que noticiava que uma criança teria sido registrada como nome de Alquingel no estado do Espírito Santo. A notícia, contudo, não passava de uma brincadeira que viralizou como verdadeira e chegou a ser uma das imagens mais compartilhadas no Dia da Mentira.

Live da missa com filtros

Ainda no início do mês abril, um padre italiano celebrou uma missa em uma live no Facebook e esqueceu de desativar a função dos filtros do aplicativo. Durante toda a transmissão, diversas imagens animadas tomaram conta da benção do líder cerimonial da religião católica.

O assunto e o vídeo, é claro, foram o principal viral do início do mês. Mesmo não sendo uma live em português, esse chegou a ser um dos vídeos mais compartilhados do ano até então. O padre justificou dizendo que fez a live usando a câmera traseira do celular, por isso não percebeu.

O esquecimento, porém, rendeu bons frutos ao sacerdote que, agora, depois de conhecido, tem o dobro de audiência em suas transmissões via Internet.

Parte interna da bolsa de um canguru

O TikTok é, sem dúvidas, o aplicativo mais comentado de 2020. Inicialmente popular apenas entre adolescentes, ele vem ganhando cada vez mais adeptos adultos. Até quem não utiliza o aplicativo, com certeza, já viu algum conteúdo gerado ali em outras redes sociais.

Foi precisamente o que aconteceu com o vídeo produzido por uma cuidadora de animais, na Austrália, em maio. Na mídia, que circulou inicialmente no TikTok, a profissional abre a bolsa de uma canguru fêmea, mostra sua parte interna e o filhote do animal. O vídeo foi o mais compartilhado na semana em que foi gravado.

As reportagens no Twitter e no Instagram vêm acompanhadas dos usuários surpresos com o fato de que ossos e músculos são visíveis dentro da bolsa. Muitos reportaram que imaginavam que a parte interior seria coberta de pelos para aquecer o filhote.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

  escreva corporativas