A plataforma de acomodação (flotel) POSH Xanadu, que chegou a operar no apoio às atividades de produção da Petrobras na Bacia de Campos em diversas ocasiões, chegou sexta-feira (15) ao Porto de Angra dos Reis para execução de reparos. A previsão de estadia da embarcação é de aproximadamente 60 dias.

Segundo informações da Superintendência de Gestão Portuária de Itaguaí e Angra dos Reis da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), trata-se da primeira atracação de embarcação de grande porte no Porto de Angra dos Reis desde que a empresa Splenda Offshore assumiu o controle acionário do arrendamento do Terminal Portuário de Angra dos Reis (TPAR).

As plataformas do tipo flotel servem para acomodar trabalhadores que estão em outra unidade próxima. A POSH Xanadu pertence à Pach Offshore Services Holdings (POSH) e tem capacidade para 750 pessoas. Ela foi projetada para águas profundas e ambientes operacionais agressivos e é equipada para permitir soluções “walk-to-work” para o pessoal offshore.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

  escreva corporativas