Parceria entre seis empresas viabilizará projetos conjuntos na região portuária

O Termo de Cooperação Técnica da Rede de Sustentabilidade ReciclaPorto Rio foi formalizado recentemente, com a publicação do ato público no Diário Oficial da União, no último dia 16 de abril. A Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) e mais cinco instituições federais localizadas na região portuária participam do convênio, que tem vigência de cinco anos.

O objetivo é estabelecer o intercâmbio de experiências e informações, mediante ações conjuntas e de apoio mútuo, visando a implementação de programas, projetos e ações interinstitucionais de sustentabilidade e de responsabilidade socioambiental.

A participação da CDRJ está sendo conduzida pela Superintendência de Meio Ambiente e Segurança do Trabalho (SUPMAM), que anunciou a primeira iniciativa: a implementação da coleta seletiva no âmbito da empresa, passando a destinar para a reciclagem resíduos de materiais como vidro, papel, plástico, borracha e madeira.

Além da CDRJ, integram a Rede ReciclaPorto o Hospital dos Servidores do Estado (HSE); o Instituto Nacional de Tecnologia (INT); a Superintendência Estadual da Fundação Nacional de Saúde no Rio de Janeiro (FUNASA); a Superintendência Federal de Agricultura do Estado do Rio de Janeiro (SFA-RJ); e o Tribunal Regional Federal (TRF-2ª região).

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente