• O acordo também será assinado, de acordo com o MPF, pelas empresas Ultracargo, Ultrapar Participações, Raízen Energia e TEAS.

  • A direção da Ultracargo se manifestou oficialmente após a assinatura de acordo para a compensação de parte dos danos causados pelo incêndio que atingiu o terminal da empresa instalado no Porto de Santos em abril de 2015

  • Em abril vai fazer três anos que ocorreu o incêndio no terminal da Ultracargo, o maior na história do Porto de Santos e que ainda não se apagou em muitas memórias, deixando marcas indeléveis na natureza e no social.

  • Aconteceu na noite desta segunda-feira (29/02), em um galpão da empresa Conexão Maritíma incêndio de grande proporção. A empresa fica localizada na BR 101, bairro Salseiros em Itajaí.

    Itajai 1 2016

    Foram empregadas no local para controlar as chamas sete viaturas do Batalhão de Bombeiros Militar de Itajaí, um caminhão tanque de Balneário Camboriú e mais três de Blumenau e Brusquue prestando suporte.

    O galpão possui 21.000 metros quadrados e foram salvos 15.000 meltros quadrados. A empresa estimou ainda na madrugada que cerca de R$15.000.000 em mercadorias foram salvas graças ao combate do incêndio realizado pelo Corpo de Bombeiros.

    Foto: Aspirante Maccarini e Soldado Sofia