A Sorocaba Refrescos, franquia do sistema Coca-Cola Brasil para Sorocaba e região, segue trabalhando para ajudar na luta contra a COVID-19. Após anunciar diversas iniciativas próprias para conscientização e manutenção da segurança de clientes e colaboradores – incluindo adesivagem de toda a frota com informações sobre a prevenção e a impressão de orientações nos rótulos de produtos –, a companhia se uniu a entidades locais para reforçar ações junto à comunidade.
 
A Sorocaba Refrescos, junto ao Instituto Coca-Cola Brasil, contribuiu com a Associação Antonio José Guarda, que sedia o Coletivo Jovem Jardim Santa Lúcia, para que pudessem ser produzidas e distribuídas 5 mil máscaras, além de 4.500 litros de detergente, que serão entregues pelo CRAS da região do Paineiras. “Foi um prazer enorme participar dessa iniciativa comunitária. A ação é simples, porém extremamente gratificante por podermos ajudar as pessoas que mais necessitam”, afirma Antônio Celso do Amaral Silva, diretor-presidente da AJG.
 
Em Itu, a CEEC, responsável pelo Coletivo Jovem, firmou uma parceria junto com o mercado local para disponibilizar vouchers no valor de R$ 80 para aquisição de alimentos pela comunidade carente da Cidade Nova. Também foi realizada a entrega de 570 kit de prevenção (500ml álcool gel e 5 máscaras) para as famílias. “Quando colocamos coração e vontade em uma iniciativa, as coisas fluem naturalmente. Fico muito feliz em participar junto com a Sorocaba Refrescos dessa ação que atingiu diversas pessoas”, conta Rubeneide Oliveira Lima Fernandes, diretora gerente-geral do CEEC.
 
Tanto em Sorocaba como em Itu, para reforçar a importância da prevenção, dos cuidados e do distanciamento social, um carro de som com orientações também circula pelos bairros da região. A Sorocaba Refrescos também doou mais de 30.000 unidades de bebidas para cerca de 30 entidades da região até o momento.
 
Além dessas ações, a empresa também forneceu gratuitamente mais de uma tonelada de PET para as faculdades FATEC, UNESP e UFSCAR, todas de Sorocaba, produzirem máscaras hospitalares. De acordo com Maira de Lourdes Rezende, coordenadora do curso de Tecnologia em Polímeros da Faculdade de Tecnologia de Sorocaba, o projeto da produção de máscaras, por meio da impressão 3D, já estava sendo realizado com resinas comerciais. “Agora, com a ajuda da Sorocaba Refrescos, vamos fazer em paralelo a produção dos filamentos feitos com o material reciclado doado pela empresa”, explica.
 
Com essas ações, a Sorocaba Refrescos reforça sua missão de contribuir com a comunidade independente de qualquer acontecimento. "O cenário do país é complexo e o continuaremos empenhados em minimizar os impactos do coronavírus de todas as formas que estiver ao nosso alcance”, afirma Cristiano Biagi, diretor-presidente da companhia.
Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

  escreva corporativas