A Klüber Lubrication participa de um programa pioneiro no Brasil, que começa a sair do papel, na área de empreendedorismo corporativo. É o Centro de Intraempreendedorismo, fruto de uma parceria da Liga de Intraempreendedores com a Fundação Dom Cabral. O objetivo é criar uma cultura de inovação no ambiente empresarial.

Segundo Heiko Spitzeck, Gerente do Núcleo de Sustentabilidade da FDC e professor, são os intraempreendedores quem criam novas plataformas de crescimento e garantem a perenidade da organização. “Se uma organização alavanca intraempreendedores, ela contribui diretamente tanto para a entrega dos resultados previstos, quanto para aumentar a velocidade da entrega de objetivos estratégicos, relacionados a melhorias contínuas e a criação de novos produtos, serviços e modelos de negócio”. Heiko salienta ainda que “o compartilhamento de experiências e desafios entre intraempreendedores de várias empresas, e dentro de uma rede global, ajuda a acelerar o processo de inovação”.

A Liga é uma rede global de aprendizagem para inovadores institucionais que buscam transformar as organizações de dentro para fora. Desenvolve comunidades de aprendizagem com núcleos no Brasil, Inglaterra, Peru, Canadá e México, além de embaixadores em mais 10 países.

O novo Centro de Intraempreendedorismo no Brasil é composto por sete membros pioneiros: Klüber Lubrication, BASF, Gerdau, Natura, Nestlé, Vedacit e VLI.

As ações do Centro de Intraempreendedorismo se dividem em três eixos: Treinamento, Catalisadores e Aceleração de Projeto. O primeiro envolve uma sequência de dois treinamentos, já iniciada, a fim de preparar os colaboradores para empreender dentro da empresa. No segundo eixo, dois catalisadores internos executam uma avaliação da cultura intraempreendedora e apresentam um plano de ação que visa melhorar o ambiente organizacional para intraempreendedores da empresa. Por fim, na terceira vertente, projetos de inovação de valor compartilhado serão acelerados, com apoio de metodologias específicas e de mentoria.

“Queremos que nossos colaboradores se sintam mais à vontade para criar projetos, ousar e incorporar essa cultura empreendedora ao mindset”, declara Luiz Faccin, Especialista de Projetos de Inovação da Klüber Lubrication. Até setembro deste ano, os membros da Liga participarão de eventos, palestras e workshops relacionados aos eixos de atuação do Centro. O evento de encerramento será aberto para outras empresas que se interessem em participar e compartilhar os resultados que serão apresentados.

Novos negócios na mineração

A Klüber Lubrication também faz parte de um Hub de Mineração com mais de 20 indústrias do segmento. Entre os objetivos do grupo estão melhorar a eficiência energética, discutir questões de eficiência operacional e fontes alternativas de energia. Para isso, já foi iniciada uma pré-seleção de startups, com as quais o hub desenvolverá parcerias para a geração de novos negócios.

“Já tivemos uma boa demonstração do que projetos de eficiência energética podem render: após um ano de implementação em um cliente do segmento, constatamos uma redução de 6,5% no consumo de energia elétrica de um equipamento, diminuição no desgaste e, consequentemente, aumento de vida útil; melhorando o desempenho operacional com o uso de nossos lubrificantes especiais”, finaliza Faccin.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

  escreva corporativas