O potencial turístico da pesca esportiva em Porto Velho foi tema de reunião realizada na manhã desta sexta-feira (13) no Porto Público da capital, com representantes da Federação do Comércio do Estado de Rondônia, deputado Léo Moraes, Sindicato das Distribuidoras de Bebidas (Sidiber) e diretoria executiva do Porto, para dar início ao Projeto que pretende transformar Porto Velho na capital nacional da pesca esportiva, num contexto que irá priorizar a geração de emprego e renda para a comunidade local.

Em fase de implantação, o projeto da pesca esportiva deverá ser integrado ao Porto Cidade, projeto desenvolvido pela administração portuária que visa abrir as portas para a comunidade local para conhecer o funcionamento do Porto Público e a importância logística portuária.

O presidente do Porto Público, Leudo Buriti, afirmou que a iniciativa de abrir os portões do porto para a comunidade partiu do governador do Estado, Daniel Pereira. “Através desse projeto, vamos agregar às ações em consonância com a relação Porto Cidade. Por sua posição de destaque, o poligonal portuário deverá ser a base de apoio de embarque e desembarque para a prática da pesca esportiva. Nossa preocupação não está voltada apenas na economia do estado, mas também, pautada para o desenvolvimento sustentável com responsabilidade social, uma vez que o rio oferece oportunidades extraordinárias para o nosso crescimento”, retratou.

“A ideia é utilizar o Porto como ponto de partida e chegada dos turistas e das embarcações utilizadas na pesca esportiva. O Porto de Porto Velho está localizado na região central da cidade, de um lado está o rio Madeira e do outro, a estrutura hoteleira e gastronômica da capital rondoniense. Além de disponibilizar uma infraestrutura que preza pelo conforto e segurança no poligonal portuário, como estacionamento e vigilância 24h, dentre outras características que o colocam em uma situação relevante no projeto que estamos desenvolvendo em parceria com outras entidades”, ressaltou o vice-presidente da Fecomércio-RO, Gladstone Frota.

Na oportunidade, os participantes fizeram uma visita às instalações portuárias a fim de definir o acesso adequado para a utilização dos turistas de pesca.

A Secretaria Estadual de Turismo é também um dos agentes envolvidos na realização deste projeto.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

  escreva corporativas