• Navegação com escala e estratégia

    A navegação no comércio marítimo internacional desafia o Brasil em duas frentes: profundidade para acesso dos grandes navios em seus portos e a construção de embarcações para garantir qualidade soberana nos mares, para conquistar nichos para sua produção e frete para sua Marinha Mercante.