São muitos os destinos clássicos para aventureiros e ainda mais numerosos aqueles lugares meio escondidos, fora dos modismos do momento, e que talvez por isso mesmo ofereçam uma sensação diferente ao serem “desbravados”. Seja qual for sua preferência por clima, geografia ou tipos de atividades e esportes que aumentam seu nível de adrenalina, esta lista compilada pela Royal Holiday, clube de férias localizado no México que coloca o mundo ao alcance dos brasileiros, certamente atende alguns dos seus interesses em locais como Estados Unidos, México, Chile, África do Sul e Espanha.

Lago Tahoe: aventura na neve
O Lago Tahoe, maior lago de altitude da América do Norte, fica entre a Califórnia e Nevada, nos Estados Unidos, sendo cercado de montanhas com mais de mil metros de altura por todos os lados. Enquanto as exigentes trilhas e os passeios de balão de ar quente no verão oferecem vistas de tirar o fôlego, é durante o inverno que o local é procurado por milhares de turistas para esqui, snowboard - incluindo BoarderX - e snowmobile com alto nível de dificuldade. Uma das maiores estações de esqui está localizada exatamente nos arredores, a Heavenly, que em seu website (http://www.skiheavenly.com/) afirma que a melhor vista que existe para o lago de 500 km2 é de sua plataforma Sky Express, “de onde ele parece uma safira azul brilhante”. Uma visão inspiradora antes de descer em direção ao mesmo em altíssima velocidade.

Riviera Maya: os cenotes mais bonitos do México
Grutas e cavernas cheias de água gelada e cristalina vinda das chuvas e dos lençóis freáticos formam alguns dos principais pontos turísticos do México. Chamados de cenotes, muitas destas formações geológicas estão localizadas bem pertinho de Cancun, sendo uma excelente alternativa de passeio na região. Os reservatórios naturais podem atingir até 60 metros de profundidade. Estima-se que há até 6 mil desses poços em toda a Península de Yucatán e Riviera Maya, muitos deles estão localizados perto de sítios arqueológicos como Chichen Izta e Tulum. Qualquer turista amante de aventura pode viver a experiência de nadar, mergulhar e explorar os subterrâneos. A rota de Puerto Morelos possui 8 diferentes cenotes: Las Mojarras, Verde Lucero, Chilam Balam, La Noria e Zapote. Aproveite!

Puyehue: aventura entre vulcões
Na região dos Lagos e Vulcões do Chile fica localizado o Parque Puyehue, no qual é possível escalar não uma “simples” montanha, mas o vulcão El Caulle, além de acelerar nas pistas de montain bike, esquiar, cavalgar, acampar em áreas selvagens e praticar esqui aquático, entre muitas outras opções de aventura. Em plena Cordilheira dos Andes e com a geografia moldada por gelo e lava, o parque apresenta típicos vales glaciais e belos lagos entre os cumes. Há atividade vulcânica na área de Antillanca, que apresenta várias crateras, poços de águas termais e gêiseres. Mas a maior parte do Parque Puyehue é formado por bosques densos, no qual, com sorte, é possível avistar animais como o puma.

Hartbeespoort: aventura selvagem
Explorar cavernas e montanhas, percorrer áreas selvagens a pé, de bicicleta ou a cavalo e realizar safáris para avistar antílopes, girafas, zebras, búfalos, rinocerontes, chitas e leões de perto são algumas das opções que a região de Hartbeespoort, na África do Sul, oferece para os turistas mais aventureiros. Em algumas reservas, é possível até brincar com os filhotes de leão. Também é possível interagir e montar nos elefantes dentro do santuário que protege a espécie. Uma tirolesa de 14 metros de altura e passeios de balão permitem vistas incríveis da área da famosa represa local. Avançar pelos impressionantes cursos d’água de canoa, voadeira, rafts, jet ski ou em pranchas de esqui aquático são outras opções para aumentar a adrenalina, enquanto uma visita à a Caverna Wonder, em Gauteng, a terceira maior do país e uma das mais bem decoradas pela natureza, é quase obrigatória.

Tenerife: para os apaixonados por escaladas e trilhas
A maior das Ilhas Canárias, a poucas horas de voo da Europa continental, Tenerife tem como grande destaque o vulcão Teide. Pico mais alto da Espanha, chega a 3.718 metros acima do nível no mar e oferece oportunidades para escaladas e trilhas – para quem tem disposição de enfrentar os fortíssimos ventos – nas quais, após uma noite de acampamento, permite chegar ao cume em uma hora e observar o nascer do sol clarear o Oceano Atlântico e, então, todas as demais ilhas do arquipélago. Tenerife também tem mais de 100 locais para a prática de parapente e inúmeros pontos de mergulho, pesca submarina e kite surfing.

 

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
O que você achou? Comente