Mesmo com a redução de despesas e alta da inflação durante à crise econômica, os brasileiros são os viajantes mais consumistas do mundo. É o que aponta estudo inédito da momondo, buscador de passagens aéreas e reservas de hotéis, que comprova que 98% deles retornam de suas viagens com novos produtos na bagagem. Os itens favoritos são roupas e calçados (63%), perfumaria e cosméticos (48%) e eletrônicos (45%), com o Brasil sendo líder no consumo dessas três categorias.

De acordo com a pesquisa, que analisou os hábitos de viagem em 20 países, os turcos empatam com os brasileiros no apreço pelas compras, enquanto austríacos e alemães são os que menos adquirem produtos durante as férias, com 15% deles revelando que não voltam de férias com nenhum item novo em suas malas.

“Nosso estudo comprova que mesmo com a redução da despesa de brasileiros em viagens, principalmente no exterior, o turista do país continua tendo alto potencial de consumo e que correlaciona viagens com o ato de comprar”, acredita Pedro Correia, responsável pela operação da momondo no Brasil.

E por que compram?
A momondo ainda investigou os motivos que levam os brasileiros a realizar compras durante viagens. Dos respondentes, 66% querem lembranças do local, enquanto 60% compra para presentear amigos e familiares. Outros dados interessantes sobre viagens ao exterior comprovam que 39% dos entrevistados consomem coisas que são mais baratas do que no Brasil e 26% adquire produtos que não estão disponíveis por aqui.

“Uma descoberta curiosa da pesquisa é que o brasileiro representa a terceira nação mais interessada em trazer produtos de viagens como lembrança do local, ficando atrás apenas dos turcos e russos. Noruegueses e suecos são os viajantes que menos fazem isso”, encerra Correia.

Sobre o estudo
O estudo “Tendências de Viagens 2016” apresenta os resultados de uma análise realizada pela Radius Kommunikation para a momondo revelando quais os hábitos de viagens dos brasileiros e outras 19 nacionalidades. Os dados foram recolhidos entre 6 e 13 de janeiro de 2016 através de um e-survey realizado através da Cint pannel. Os dados relacionados com o Brasil contaram com a participação de 973 brasileiros com idades entre os 18 e os 65 anos.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
O que você achou? Comente