Uma perseguição policial absolutamente insana paralisou na quarta-feira, dia 16 de agosto, o Porto de Los Angeles, no sudoeste dos Estados Unidos. Um homem acusado de roubar um carro de um traficante de drogas escalou um portêiner da China Shipping Yard para tentar escapar da prisão. Durante o tempo em que ficou, sem qualquer proteção, em uma altura equivalente a um prédio de 17 andares, ele tirou a camisa da equipe do Los Angeles Lakers que trajava durante a perseguição, deitou, rolou e fez gestos incompreensíveis, tudo sob a vigilância da Guarda Costeira, da SWAT e de câmeras de emissoras de TV dos Estados Unidos. Infelizmente o caso teve um fim trágico, com o homem pulando e aterrisando para a sua morte em cima de um contêiner.

 

Vídeos de fuga da polícia são muito famosos nos Estados Unidos e até proporcionaram a criação de diversos programas que contam essas histórias. Neste caso, a CBS relatou que a perseguição teve início às 18 horas de Los Angeles e durou até às 21h30, horário em que foi registrado o suicídio. Durante este tempo, ele chegou a acelerar acima dos 160km/h na "hora do rush" e foi acompanhado de perto no portêiner por profissionais da SWAT.

radarex

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s