Há 80 anos, em 4 de novembro de 1933, era fundada a Viação Aérea São Paulo (VASP), uma das mais importantes companhias da história do transporte aéreo no Brasil. A VASP foi marcada pelo pioneirismo e pela moderna frota que colocou à disposição dos brasileiros.

No início da década de 1990, a VASP foi privatizada e iniciou uma agressiva expansão internacional, incluindo destinos nos Estados Unidos, na Ásia e na Europa. No entanto, a empresa não conseguiu sustentar o crescimento por muito tempo. Aos poucos, os aviões ficaram ultrapassados, os salários dos aeronautas atrasados e a VASP adquiriu uma dívida impagável.

A VASP teve a autorização de operação cassada e parou de voar no final de janeiro de 2005. Em 4 de setembro de 2008, 75 anos após a fundação, a Justiça decretou a falência da companhia, com dívidas estimadas em R$ 5 bilhões. Muitos dos aviões que pertenceram à VASP viraram sucata em pátios dos aeroportos do País e foram a leilão.

Neste início de novembro, os entusiastas da aviação comercial se dividem entre a felicidade de comemorar 80 anos de uma das empresas que mais marcaram época no Brasil e a nostalgia ocasionada pelo abandono da estrutura administrativa e da frota da companhia. Vários ex-funcionários não receberam o que a VASP lhes devia pelos serviços prestados.

No entanto, além da história, a VASP deixou para o Brasil milhares de profissionais de alta qualidade, que hoje voam por outras companhias ou no exterior, além daqueles já aposentados ou os que decidiram por interromper a carreira.

Para ilustrar a data, publicamos abaixo algumas fotos enviadas por Vito Cedrini, um dos profissionais que ajudaram a construir a história da VASP.

Fotos: Vito Cedrini

Avião da VASP no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro - Galeão


Imagem de 1984 mostra aeronave no Aeroporto de João Pessoa


O famoso modelo PP-SNI (727-200) em operação pela VASP

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente