O trabalho home office já é uma realidade no Brasil. A modalidade cresceu nos últimos anos, tanto que o nosso país já ocupa terceiro lugar no ranking entre as nações que mais adota o teletrabalho, ficando atrás de Singapura e da China.

No entanto, um dos obstáculos para a produtividade do home office é justamente a falta de ergonomia, visto que muitas pessoas não possuem equipamentos adequados para exercer atividades em casa, podendo ocasionar LER-DORT (lesão por repetição).

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), muitas pessoas sofrem com incômodos pela postura incorreta, como é o caso da dor lombar que afeta 7 em cada 10 pessoas.

Em muitos casos, a falta de conforto na cadeira e mesas podem resultar em dores nas costas, cefaleia, fadiga, bem como outros quadros.

Por conta disso, é preciso seguir algumas recomendações para a ergonomia no home office, inclusive por orientações de médicos do trabalho, para evitar dores por má postura, ou até mesmo agravamento de alguma enfermidade.

No artigo de hoje saiba como aplicar conforto e ergonomia no seu home office. Acompanhe a leitura!

1 - Invista em móveis planejados

Os móveis que seguem um padrão de fabricação em escala podem não ser ideais para todas as pessoas.

Por exemplo, alguém mais baixo ou mais alto do que a média pode ser prejudicado quando o móvel não foi feito para a sua estatura, afetando a ergonomia.

Por isso, para quem trabalha em home office, recomenda-se usar um mobiliário feito sob medida, conforme às necessidades de quem os usa. Dessa forma, é possível ter muito mais conforto e prevenir o aparecimento de lesões.

Nesse sentido, recomenda-se entrar em contato com uma loja de móveis planejados, para que a empresa possa colher as informações necessárias do cômodo e, com isso, fazer o projeto para o seu escritório home office.

Importante ressaltar que, mesmo trabalhando em casa, os colaboradores executam tarefas repetitivas todos os dias.

A falta de ergonomia e conforto pode provocar danos nas costas e articulações, desencadeando problemas mais sérios.

Por isso, seja com uma cadeira, uma mesa ou um armário sob medida, é possível ter melhores condições de trabalho e, com isso, os profissionais ficam mais motivados, influenciando positivamente na produtividade.

2 - Leve em consideração o conforto

Mais do que investir em móveis planejados, é importante que eles também sejam confortáveis, principalmente a cadeira do escritório (já que vamos passar a maior parte do tempo sentados).

O ideal é evitar estofados quentes e pesados, pois eles aumentam a sensação de calor. Isso pode fazer você suar mais e sentir incômodos enquanto trabalha.

Os materiais como algodão, lycra e nylon costuma ser mais apropriados para o home office. Você pode encomendar uma cadeira de escritório em uma fábrica de estofados, tendo um móvel sob medida e extremamente confortável.

3 - Verifique o apoio para as costas

Uma forma de escolher a cadeira ideal para o seu escritório home office é verificar se todas as suas costas ficam eretas e totalmente apoiadas no encosto.

Além disso, vale a pena investir em um móvel com apoio para os antebraços e regulagem de altura, para evitar o tensionamento dos punhos.

Caso você tenha torcicolo, uma cadeira com apoio para pescoço pode ser ainda mais confortável, pois ela ajuda no relaxamento da cabeça e da cervical.

Outra opções são:

● Almofadas ergonômicas;

● Apoio para os pulsos de teclado;

● Apoio para pés ergonômico;

● Suporte de notebook.

Todos esses equipamentos, em conjunto com os móveis alto padrão planejados, são capazes de promover um local de trabalho em casa extremamente confortável.

4 - Busque ambientes bem iluminados

A iluminação é outro fator importante na ergonomia e no conforto. Afinal de contas, ambientes com pouca luz tendem a forçar a vista do colaborador, causando dores de cabeça e agravamento de problemas oftalmológicos.

Recomenda-se uma iluminação que não projete sombra no monitor do notebook ou computador, além de não causar incômodo aos olhos.

É preferível ambientes com iluminação natural e bem ventilados, pois além de contribuir com a visão do profissional, a temperatura fica muito mais agradável e aconchegante.

Conclusão

O trabalho home office traz inúmeras vantagens, visto que não é preciso sair de casa para executar suas funções.

No entanto, dependendo das instalações do ambiente, os trabalhadores podem desenvolver lesões e ter problemas relacionados a má postura.

Por isso, se você trabalha em home office, busque alternativas para ter um local confortável e ergonômico.

Desse modo, você se sentirá muito melhor no seu escritório em casa e verá um grande aumento da sua produtividade.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

  escreva corporativas

O que você achou? Comente