Por onde passa, o advogado e Pós-Doutor em Regulação de Transportes e Portos pela Harvard University, Osvaldo Agripino, é aclamado pelo conhecimento e pela contribuição que oferece ao setor portuário. Ele defende métodos que onerem menos a cadeia logística nacional, melhorando o preço final dos produtos vendidos aos brasileiros.

Agripino cobra mais efetividade de regulação e equilíbrio econômico por parte da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). "Sem defesa da concorrência, sem uma outorga definida da participação do armador estrangeiro", diz ele, o País sairá prejudicado. Ele não alivia para os usuários dos portos. "Os responsaveis são também o importador e exportador, que não se organizam para melhorar o ambiente".


Conteúdos Relacionados

* DOING BUSINESS - Medindo Regulamentações de Negócios

* Greve sazonal da Aduana e o direito do importador: o que fazer?

* O que é mais caro ao Brasil ? Terminais, THC e armadores sem regulação, ou a praticagem?

* TCU determina regulação de armadores estrangeiros


 
Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s