Transporte / Logística

O futuro da atividade de apoio no Brasil, que tem o quarto mercado do mundo em frota e o terceiro em produção, será debatida no próximo dia 03 de agosto no Rio de Janeiro (RJ) durante uma conferência internacional, a WorkBoat South America 2012. O evento inédito e gratuito será realizado, em paralelo à Navalshore 2012 - Feira e Conferência da Indústria Naval e Offshore, no Centro de Convenções SulAmérica.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
A Alstom do Brasil, localizada em São Paulo, em translado até o patio Belém do metrô local, partindo da região do bairro da Lapa e com apoio da CPTM, entregou mais um trem modernizado para a companhia do metropolitano. A frota L é composta de trens modernizados à partir de trens da série Mafersa, atual frota D da companhia.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
Com investimento estimado de US$ 1,5 bilhão (cerca de R$ 3 bilhões), Moçambique ganhará uma linha férrea de 780 quilômetros entre as cidades de Moatize, na província de Tete, e o Porto de Nacala, em Nampula. A Agência Brasil informa que a obra será executada por um consórcio em que a mineradora brasileira Vale investirá 80% do total e o governo de Moçambique, por meio da estatal CFM, 20%.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
O dia 11 de julho, próxima quarta-feira, marcará o ápice das obras de Maasvlakte 2, ampliação do Porto de Roterdã, na Holanda. A magnitude da construção tem chamado a atenção de todo o planeta para a costa holandesa. Uma brecha de 11 quilômetros no quebra-mar holandês será completamente fechada para as obras, que estão dentro do orçamento e do prazo previsto. Trata-se de um dos maiores fechamentos de terra desde o fechamento da barragem Philips há 25 anos.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
A Rolls-Royce, empresa global de sistemas de energia, presente no Brasil há mais de 50 anos, acaba de fornecer 13 grandes propulsores azimuth para o maior navio do mundo de construção offshore, que está sendo montado pelo estaleiro Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering, na Coréia do Sul. A embarcação será operada pela armadora suíça Allseas Group e deve entrar em serviço em 2014. O contrato tem um valor estimado de aproximadamente R$ 57,7 milhões* e é o maior pedido de propulsores para um único navio já realizado para a Rolls-Royce.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s