Com a tecnologia a um clique de distância, diversos setores do mundo dos negócios tiveram que se adaptar aos dispositivos mobile, aprimorando tanto a sua funcionalidade quanto o layout, já que na tela do celular ou tablet tudo costuma ficar desenquadrado.

É extremamente comum, hoje em dia, apenas abrirmos aplicativos variados e navegarmos durante vários momentos distribuídos no decorrer do dia, sem nem ao menos percebermos o trabalho por trás de toda aquela interface.

De alguns anos para cá, diversas empresas tiveram que dedicar parte do tempo e do trabalho delas para desenvolver um layout bom e eficiente, que a represente e esteja próximo ao cliente, na maioria das vezes, através do aparelho celular.

Portanto, independentemente, se sua empresa trabalha com automatização de portões no ABC, ou prestando serviços relacionados à logística, ou vendendo camisetas em um site, todos devem investir no mobile para aumentar seus lucros e expandir sua marca.

Porém, existem algumas diferenças entre layouts, então, para utilizá-los de forma efetiva e lucrativa, anote as dicas e entenda os benefícios de se investir nessa estratégia:

  • Layout responsivo é mais barato e menos interativo;
  • Layout mobile é mais caro e mais interativo;
  • A maior diferença entre ambos é o público-alvo;
  • Adapte-se ao que for melhor para o seu negócio.

Entenda mais sobre layout responsivo

De forma direta, o layout responsivo é aquele criado para se adaptar a diferentes telas, tanto monitores de Desktop quanto tablets e aparelhos celulares. Ele é um pouco mais simples e barato de ser produzido.

Um site responsivo, ao ser adaptado para a tela menor não sofre perda de informação ou qualidade, permanecendo da mesma forma que é exibido originalmente.

Ou seja, se você procura algum site que tenha um motor para portão basculante, mesmo que procure através de seu celular, seja pelo motivo que for, terá todas as informações ali contidas.

Através de códigos de programação denominados media queries, ao acessar os sites através de outros dispositivos, um ajuste é realizado, oferecendo uma boa e satisfatória experiência ao usuário.

Entretanto, a manutenção desse tipo de layout é totalmente diferente do mobile. O layout responsivo ganhou bastante espaço no decorrer dos últimos anos pela facilidade de se trabalhar e por ser bem mais leve do que o mobile.

Muitas empresas, inclusive, têm preferido o layout responsivo devido à grande compatibilidade com diversos aparelhos do mercado.

Entenda mais sobre layout mobile

O layout mobile sempre será uma boa opção de utilização, seja quem busca ADM de condominios SP ou episódios de uma série nova nas plataformas de streaming. Assim como o responsivo, ele possui algumas peculiaridades que abordaremos agora.

O mobile altera a estrutura do conteúdo mostrado em tela, deixando-o mais simplificado e prático. Ele limita as informações na tela, permitindo que, caso use no celular, por exemplo, não precise ficar utilizando a ferramenta zoom o tempo todo.

Tenhamos em mente, então, que o site no layout mobile é desenvolvido originalmente para outras plataformas, tendo como foco a usabilidade do usuário e adicionando novas funções ao site como um menu, botões, imagens com hyperlinks, etc.

No caso do mobile, é realizada a criação de um código totalmente novo, precisando também de um novo domínio, porém é totalmente interativo. Após criado, a sua pesquisa por serviços de simulação acústica, por exemplo, é bem mais satisfatória.

Em contrapartida, demora mais tempo e dinheiro para ser criado. Além dos fatos já citados até o momento, tem-se também de pensar no design chamativo, que tenha a personalidade do site e, consequentemente, da empresa.

Como o público mobile cresce a cada ano que passa, é possível dizer que a maior diferença entre os dois tipos de layouts é a estratégia utilizada pela empresa para chamar o público.

A geração de jovens a adultos atuais já está acostumada com esse tipo de interação, sendo que muitos até preferem, mas ela beneficia também pessoas com dificuldades em entender tecnologia, como homens e mulheres em idades mais avançadas.

Quais as vantagens e desvantagens de cada um

Algumas das informações que aqui serão abordadas já foram discutidas, porém daremos mais profundidade a elas nesse momento.

Layout responsivo

Abordemos primeiro sobre o layout responsivo. Ao buscar por um CLP preço acessível, por exemplo, o usuário lidará com diversas informações em sua tela, o que não é nenhum problema, já que para comprar tal produto ele precisa saber os dados técnicos do item.

Então, o código fonte fará com que a tela diminua e se adapte automaticamente ao dispositivo que o usuário estiver utilizando. Ademais, caso não esteja enxergando algo, sempre é possível utilizar o zoom a seu favor.

Como já mencionado anteriormente, o layout responsivo é mais fácil e barato de ser criado e aplicado, mas isso não significa que seja menos útil. Principalmente se a sua empresa estiver no começo de sua jornada e não puder investir muito dinheiro.

Então, caso o problema seja a falta de verba, deixe seu site o mais bonito e organizado possível. Se não tem interação o suficiente, ao menos é atrativo o bastante.

Todavia, comparada ao layout mobile, é bastante inferior quando utilizado em smartphones, podendo acontecer de muitas páginas carregarem lentamente, causando desconforto ao usuário.

Layout mobile

Já o layout mobile possui menos informações na tela e é mais interativo, sendo utilizado inclusive em aplicativos para crianças, ajudando-as também a se desenvolverem, dependendo da finalidade do site.

Um exemplo é caso entre em um site cujo foco são materiais e utensílios para trabalhadores, onde vários menus personalizados são encontrados, e ao clicar na linha de vida para telhado, a imagem se expande e te passa diversas informações.

Além disso, ainda te passa o contato e qual a loja mais próxima da sua localização, te direcionando para o Google Maps e mostrando as diversas rotas que podem ser feitas para chegar ao destino.

As possibilidades são infinitas, sendo assim, é um fato que utilizar o layout mobile em dispositivos diferentes do desktop e notebook (celulares e tablets, por exemplo), é extremamente mais confortável, satisfatório e intuitivo.

O seu ponto negativo é o tempo que demoraria para desenvolver um site do zero e o dinheiro que teria de ser investido. Nesses casos, normalmente, contrata-se uma agência para cuidar de todo o processo.

O importante é trabalhar a adaptação ao mercado

O importante nessa situação é, caso seu foco seja a sua empresa, adaptar-se ao seu tipo de cliente. Quanto mais satisfeito o consumidor ficar, mais significa que seu trabalho está sendo bem feito e reconhecido.

Independentemente do serviço ou produto, desde bijuterias até motor para porta automática, conhecimento nunca é demais, e sempre é bom entender sobre como está funcionando o mercado para se manter atualizado.

Investir em e-commerce significa investir na empresa, agregando valor à companhia e aumentando a relevância e experiência de compra. Um cliente feliz e satisfeito sempre volta e ajuda na divulgação de sua marca, expandindo-a de forma natural.

Também é possível aumentar o número de vendas pela praticidade do site. As pessoas hoje em dia não tem muito tempo e, normalmente, quando algo esgota a paciência, simplesmente procuram um produto semelhante em outro lugar.

Não se esqueça de aceitar e entrar num acordo com as diretrizes e exigência do Google, aumentando o seu alcance e interação com a plataforma de e-commerce escolhida.

Desde 2015 tem ocorrido diversas punições do Google para sites que não estejam enquadrados em nenhum layout. Isso diminui o alcance da página, consequentemente as vendas e seu lucro caem junto.

E o mais importante, conheça o seu público e utilize a tecnologia a seu favor. Não adianta vender tijolo, por exemplo, para quem quer comprar cobertura retrátil preço acessível. Aqui fica clara a importância de estudar o público-alvo.

Se seu negócio é uma loja de brinquedos, as estratégias, sites, marketing e comunicação devem ser realizadas com o objetivo de encantar crianças. Mantenha o foco e tenha um objetivo bem definido.

Considerações finais

Apesar de tantos pontos positivos e negativos de cada estilo de layout, ambos são extremamente necessários para impulsionar seu comércio. Lembre-se, todos somos consumidores em algum nível e queremos comprar em um lugar organizado.

Independentemente de qual estratégia adotar, esteja sempre de cabeça aberta para as mudanças tecnológicas que estão por vir. Algo que antes parecia trivial, hoje em dia, é de extrema importância para o meio comercial e digital.

Seja responsivo ou mobile, essa alternativa é apenas uma pequena mudança diante das muitas que virão pelos próximos anos. Seja criativo e esteja em constante mudança!

E então, já decidiu qual layout adotar? Espero que essas informações e dicas tenham sido úteis e te ajudem a ter uma visão mais ampla sobre o porquê investir no e-commerce, começando pelo seu layout.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente