Hoje em dia o número de transações financeiras através da internet aumentou bastante, principalmente, depois da pandemia. Muitas pessoas passaram a preferir comprar on-line, seja alimentos, roupas, móveis, brinquedos etc.

Dessa forma, o número de pessoas má intencionadas também cresceu significativamente, aplicando golpes e fraudes nos usuários da rede.

Por isso, todo tipo de cuidado é importante quando o assunto é passar dados bancários e dados pessoais pela rede, como número de cartão de crédito, endereço residencial e etc.

A seguir separamos alguns tipos de fraudes para que você não caia nos principais crimes cibernéticos aplicados hoje em dia na rede.

1 – Falsa comunicação de bancos

Se você já recebeu o e-mail de uma instituição financeira pedindo para atualizar ou informar seus dados pessoais, tem grande chance disso ser um golpe. Os Bancos não pedem atualização de dados via e-mail.

Tem outra modalidade de golpe com a seguinte situação: é informado que o banco tem um novo gerente da conta precisando das informações pessoais do cliente para oferecer novos investimentos e aplicações.

2 – Cuidado com a sua identidade

Devemos tomar cuidado para que nenhum hacker roube nossos dados pessoais para abrir empresa ou fazer outro ato ilícito.

Na Internet, o roubo de dados pessoais pode ser para abrir conta em outras redes sociais, falsificar e-mail e etc, fazer compras on-line etc.

Quanto mais informações você disponibiliza sobre a sua vida e rotina, mais fácil se torna para um golpista furtar a sua identidade. Constantemente está ocorrendo vazamento de dados em alguns sites. Por isso, quando for disponibilizar seus dados em algum site deve-se verificar alguns requisitos de segurança, como https para que o site trafegue dados com mais segurança.

3 - Phishing

Phishing é quando uma pessoa pega informações sigilosas, como dados e senhas de cartão de crédito. Essa fraude é feita através de links falsos e de sites fakes, que imitam o site original da instituição bancária, por exemplo.

4 - Golpe do Pix

Para evitar de cair nesse golpe, você deve cadastrar as chaves do Pix de forma correta e segura. Ou seja, através dos canais oficiais do seu banco como o site ou aplicativo, por exemplo. Não aceite ajuda de terceiros desconhecidos.

5 - WhatsApp clonado

Esse golpe tem sido muito comum, onde o criminoso costuma clonar o número da vítima e se passar por ela. A partir daí o criminoso começa a pedir dinheiro para os contatos conhecidos da vítima.

Para evitar a fraude você precisa ir no seu whatsapp e fazer uma configuração em duas etapas para evitar clonagem. Para isso, basta ir em verificação em duas etapas e cadastrar uma senha.

Além disso, recomenda-se que os usuários nunca compartilhem com ninguém o código de verificação do whatsapp recebido por SMS.

6-Golpe da falsa promoção

Esse golpe também é bem comum na internet. A vítima recebe um e-mail ou mensagem informando sobre uma promoção que não existe. E ao clicar no link, ela é direcionada para um site falso, onde são capturadas todas as suas informações pessoais..

Esses links falsos foram muitos utilizados em email com assuntos de momentos, como: auxílio emergencial, curas da Covid-19, doação de máscara e álcool em gel etc.

7 – Golpe do boleto bancário ou bolware

Por ser uma facilidade, muitos usuários preferem pagar um produto on-line por boleto.

Ao baixar o boleto em seu computador ou celular, na verdade, a pessoa pode está baixando um vírus malicioso que modifica a linha digitável do código de barras do boleto transferindo o dinheiro para a conta de um falsário.

8- Recadastramento de e-mails

Evite recadastrar e-mails importantes como, por exemplo, da sua Faculdade através de um SMS ou email estranho. Entre em contato direto com o suporte da instituição para tirar a dúvida.

Para evitar e minimizar de cair nos golpes acima recomenda-se as seguinte ações:

1 – Repare se o endereço do site que você está acessando está realmente correto. Você pode digitar o nome da empresa no Google e verificar. Outro ponto já abordado anteriormente é verificar se há o cadeado do lado do endereço, o que significa que o site trafega dados de forma segura.

2 – Nunca envie em email desconhecidos, fotos pessoais e fotos de seus cartões de crédito de banco, senhas, código de segurança do banco etc.

3 – Códigos de autenticação são privados e não devem ser repassados a terceiros.

4 – Nunca clique em links de promoções exageradas ou baixe anexos desconhecidos. O ideal é mandar uma mensagem para o SAC ou acessar o site da empresa a fim de saber se a promoção é válida. Mesmo que a pessoa que enviou a mensagem seja um amigo, procure verificar a veracidade da informação antes;

5 - Para ofertas ou cupons de descontos especiais é indicado acessar diretamente o site que está oferta tal promoção para verificar a validade da mesma. Outra opção é acessar site de descontos conhecidos e especializados que costumam publicar esse tipo de promoção.

6 – Para não cair no golpe do boleto, verifique se o CNPJ da empresa está correto, se os dígitos do código de pagamento conferem com o do banco emissor e se há erros de português.

Seguindo as dicas acima, você terá mais segurança e satisfação nas suas compras online.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente