Os serviços de logística têm uma grande importância dentro do segmento corporativo, uma vez que eles são responsáveis por gerenciar o recebimento, armazenagem e despacho de insumos, matérias-primas, mercadorias e cargas.

Por esse motivo, é fundamental elaborar um planejamento assertivo para o departamento logístico, já que os processos realizados no setor afetam diretamente os resultados do seu negócio. Inclusive, podem colaborar com a construção da reputação da marca.

No artigo de hoje, saiba como os serviços de logística impactam positivamente no desenvolvimento de uma empresa e conheça algumas dicas de como aprimorar esses processos no seu negócio. Acompanhe a leitura.

Primeiro: o que é a logística empresarial?

Quando falamos de logística, logo nos vem à cabeça uma série de serviços de expedição de produtos, como ocorre no envio de mercadorias compradas em um e-commerce.

Essa atividade está inclusa na logística, mas o setor engloba muitas outras tarefas de gerenciamento e administração de insumos.

Aliás, até o aluguel escada para organização do estoque faz parte dos serviços de gestão logística.

Portanto, a logística empresarial atua na administração de recursos financeiros, planejamento de estoque, transporte e distribuição de produtos, bem como no fornecimento de materiais, em processos diretamente relacionados com a produção.

Sendo assim, o planejamento logístico tem um papel protagonista na melhoria dos processos, auxiliando as empresas no cumprimento de objetivos, redução de custos e aumento da produtividade.

Em geral, a logística pode ser dividida em quatro principais processos, sendo eles:

Aquisição de insumos;

Movimentação de materiais;

Armazenamento de mercadorias;

Entrega dos produtos.

Importante ressaltar que todos os tipos de negócios requerem um planejamento logístico, até mesmo uma empresa de manutenção predial.

Afinal de contas, é preciso ter um local apropriado para o armazenamento de máquinas, equipamentos e acessórios usados.

Qual a importância do planejamento logístico?

Como percebemos, a logística tem um impacto direto na produção das empresas, além de contribuir com a reputação da marca no mercado. Tanto que um dos principais problemas enfrentados pelos empreendimentos no Brasil é justamente a infraestrutura logística.

Infelizmente, o país ainda não tem uma organização eficiente em relação à distribuição de materiais. Porém, mesmo assim, é possível realizar um planejamento assertivo, que reduza os problemas de infraestrutura.

Imagine, por exemplo, que ao contratar um buffet a domicílio para casamento, o cliente ficou sem um determinado tipo de bebida, por conta de atrasos no envio. Isso provavelmente irá prejudicar a imagem do buffet, causando inúmeros transtornos.

Por esse motivo, é importante seguir uma lógica na distribuição de suprimentos, justamente para evitar esse tipo de situação e para satisfazer o consumidor final.

Portanto, a logística empresarial busca diminuir a distância entre o produto e o cliente, atuando em conjunto com as etapas produtivas da empresa.

Entre alguns dos principais objetivos deste departamento, destacam-se:

Controle do fluxo de estocagem;

Gestão do armazenamento de insumos;

Organização das mercadorias;

Acompanhamento das entregas;

Qualidade e rapidez na distribuição de produtos.

Hoje em dia, a área da logística conta com inúmeras ferramentas tecnológicas que podem facilitar as operações, tornando o trabalho muito mais eficiente e preciso.

Quais são os impactos negativos da falta de planejamento logístico?

Antes de falarmos sobre os pontos positivos do planejamento logístico, vale a pena destacar os impactos negativos com a inconsistência de uma cadeia de suprimentos.

Vale dizer que esses aspectos podem afetar todos os tipos de negócios, desde um buffet de aniversário infantil, até um e-commerce. Confira abaixo:

Entregas atrasadas

O atraso nas entregas é um dos problemas mais recorrentes da falta de planejamento logístico. Isso pode causar muitas situações constrangedoras, como desentendimentos com os clientes ou até mesmo dificuldades na produção.

Vale dizer que o atraso é um das principais reclamações dos consumidores nos dias de hoje, prejudicando a reputação de várias empresas.

Produtos com avarias

A logística também é encarregada dos procedimentos de armazenagem de produtos.

Sendo assim, a falta de planejamento pode ocasionar problemas no estoque, como má organização e falta de placas informativas personalizadas nos armazéns.

Como consequência, os produtos podem sofrer com avarias, causando prejuízos financeiros para as organizações, bem como problemas de imagem.

Afinal de contas, ninguém quer receber uma mercadoria danificada.

Pedidos errados

A falta de planejamento logístico também pode ocasionar a entrega de pedidos errados.

Por exemplo, um cliente que fechou uma locação de som pode não receber todos os equipamentos previstos.

Isso também causa problemas na reputação da empresa, além de aumentar os gastos.

Prazo de validade vencido

O departamento de logística também deve ter cuidado com os prazos de validade dos produtos, principalmente, quando estamos lidando com itens perecíveis, como alimentos.

Receber uma mercadoria vencida é algo extremamente problemático, que pode causar até processos jurídicos contra a empresa.

Quais os impactos positivos do planejamento logístico?

Agora que conhecemos alguns dos impactos negativos da falta de planejamento logístico, é o momento de sabermos o porquê o controle do departamento é tão importante para as empresas.

A seguir, confira os pontos positivos do plano de logística:

Diminuição de custos

A diminuição de custos está entre um dos principais objetivos do planejamento logístico, sendo algo extremamente vantajoso para as empresas.

A intenção é investir o valor mínimo possível para a frota e armazenagem, mas sem perder a qualidade dos serviços logísticos.

Assim, a empresa pode avaliar se vale a pena contratar uma terceirizada ou ter a sua própria rede de colaboradores especializados.

Diante disso, é importante que a organização avalie qual é a melhor opção, em termos de custo-benefício. É aí que o planejamento logístico atua, pois ele coloca todas as variáveis para análise, facilitando a tomada de decisão dos gestores.

Campanhas de marketing efetivas

Um bom planejamento logístico pode ajudar nas campanhas de divulgação de marketing. Afinal de contas, a empresa pode ressaltar no seu banner informativo esse diferencial.

Como consequência, a reputação da sua marca irá crescer, contribuindo para a construção do brand awareness no público, além de aumentar as chances de venda.

Até porque, as campanhas de marketing têm um papel essencial na imagem da sua empresa e na conquista de clientes.

Tomada de decisões assertiva

Como dito, grande parte das estratégias logísticas são realizadas com auxílio de ferramentas tecnológicas.

Por meio delas, é possível levantar informações precisas sobre o desempenho de cada uma das etapas.

Desse modo, os gestores podem tomar decisões mais assertivas, baseadas em dados reais. Isso evita campanhas incertas e direcionamentos que não são tão benéficos assim.

Importante ressaltar que os dados também podem orientar outras iniciativas, como campanhas de marketing para divulgação de aluguel som para festa, gerenciamento de colaboradores, entre outros.

Melhoria no serviço

Sem dúvidas, a parte mais importante do planejamento logístico é a melhoria no serviço. Isso tem um grande peso para o consumidor final e na imagem da empresa.

Quanto melhor a qualidade do serviço logístico, melhor é a avaliação do seu negócio pelo público. Assim, a sua empresa alcançará novos potenciais clientes e reconhecimento no mercado, ganhando destaque da concorrência.

Aliás, muitos consumidores compram produtos não só por uma necessidade, mas também escolhem empreendimentos que têm qualidade na entrega e cumprem prazos.

Portanto, a qualidade logística tornou-se um fator decisivo para a compra.

Sendo assim, não dá para ignorar a importância do planejamento logístico, principalmente, se a intenção da sua empresa é conquistar destaque no mercado.

Como iniciar o seu planejamento logístico?

O primeiro passo para iniciar o seu planejamento logístico é se colocando no lugar do consumidor. É a partir dessa visão empática, que o gestor pode perceber as possíveis falhas e o que precisa melhorar dentro da cadeia de distribuição.

Além disso, é importante escolher as ferramentas certas para auxiliar nos processos logísticos. Escolha um software capaz de acompanhar a sua demanda e facilitar a organização dos produtos, evitando extravios ou perdas.

Após a elaboração do planejamento logístico, vale a pena realizar um treinamento com os colaboradores, para que todos conheçam as etapas e as boas práticas para realização do serviço. Dessa forma, é possível garantir a qualidade de operação.

Conclusão

O planejamento logístico é algo fundamental para as empresas, tendo um impacto direto na produção e na reputação das marcas.

Por esse motivo, se a sua empresa ainda não investiu em um aprimoramento da cadeia de distribuição de insumos, está mais do que na hora de rever os serviços deste departamento, para alcançar notoriedade e sucesso no mercado.

Afinal de contas, a logística já afeta o modo como o consumidor percebe a sua marca. Por isso, é necessário buscar um serviço de qualidade e diferenciado, tornando a sua empresa uma referência na entrega de mercadorias.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente