Voo solo faz história na Emirates Flight Training Academy

O grande dia finalmente chegou, e Mohamed Al Dosari passou a manhã ansioso para fazer história. As...

Leia Mais

Costa lança "Chaminé Amarela" para o cruzeiro de Páscoa

A Costa Cruzeiros anuncia uma oportunidade especial para o brasileiro interessado em curtir a Pásc...

Leia Mais

Blog do Bruno Merlin

Presidente da Codesp busca criar clusters de cargas e garantir ambiente sadio a investidores

Portogente dá prosseguimento à publicação de entrevistas com presidentes de autoridades portuárias...

Leia Mais

Portos do Brasil

Implantação de centros de inovação nas cidades portuárias brasileiras

Este artigo apresenta uma análise sobre o cenário para o desenvolvimento de um ecossistema de inov...

Leia Mais

A Vale informa que identificou ao longo da madrugada desta sexta-feira, 31/5, o desprendimento de fragmentos do talude norte da cava da Mina de Gongo Soco, em Barão de Cocais (MG). Esses blocos se acomodaram no fundo da cava. As primeiras avaliações indicam que o material está deslizando de forma gradual, o que até o momento corrobora as estimativas de que o desprendimento do talude deverá ocorrer sem maiores consequências.

A cava e a barragem Sul Superior, que fica a 1,5 km da mina, seguem com monitoramento 24 horas por dia de forma remota, com o uso de radar e estação robótica capazes de detectar movimentações milimétricas, além de sobrevoos com drone. A barragem está em nível 3 desde 22 de março e a Zona de Autossalvamento (ZAS) já havia sido evacuada preventivamente em 8 de fevereiro.

A Vale reitera que manterá a comunidade de Barão de Cocais informada da situação.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s